Cão usado na investigação do caso Vitória Gabrielly ajuda nas buscas por pai de menino morto em represa

Morador de Piedade (SP) está desaparecido desde que filho de 8 anos morreu afogado na represa de Itupararanga, no domingo (1).

As buscas pelo morador de Piedade (SP) Arisvaldo Lopes, pai do menino de 8 anos que foi encontrado afogado na represa de Itupararanga, em Votorantim (SP), foram reforçadas nesta quinta-feira (5) com a ajuda do cão farejador Max do canil da Guarda Civil Municipal de Itupeva.

O cão de 4 anos, da raça Bloodhound, foi usado em 2018 na investigação da morte da menina Vitória Gabrielly Guimarães Vaz, Araçariguama (SP), e em 2019 na morte da jovem Aline Silva Dantas, em Alumínio.

A intenção, de acordo com a Guarda Civil, é que o animal mapeie possíveis paradeiros do pai do menino, que ainda não foi encontrado pela polícia desde que a criança foi localizada.

Morte por afogamento

O menino de 8 anos foi encontrado no domingo (1) inconsciente por um segurança da represa. O Corpo de Bombeiros foi acionado e fez o resgate, mas a criança não resistiu mesmo sendo levada para a UPA do Parque Jataí.

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou que a criança morreu por afogamento. O carro do pai do garoto foi encontrado próximo à represa.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT