Carga de celulares avaliada em R$ 3 milhões é apreendida na Régis Bittencourt, em SP

Segundo a PRF, notas ficais apresentavam indícios de fraude e estavam com valor declarado abaixo do preço real.

Uma carga de celulares importados, avaliada em R$ 3 milhões, foi apreendida pela Polícia Rodoviária Federal durante fiscalização na Rodovia Régis Bittencourt, altura de Registro, no interior de São Paulo. A informação foi confirmada nesta segunda-feira (25). De acordo com as autoridades, a nota fiscal apresentava evidências de fraude.

Uma equipe realizava a ação no km 439 da via, quando abordou um caminhão com placas de São Paulo, conduzido por um homem de 32 anos. Ao ser questionado sobre a carga que estava levando, ele apresentou as notas fiscais dos celulares, e disse que não sabia o endereço de entrega, mas que encontraria um desconhecido em um posto às margens da rodovia, na altura de Miracatu.

Ainda segundo o motorista, esse homem o levaria ao destino final, na Rua 25 de Março, Capital. De acordo com a PRF, ao analisar a carga, a equipe percebeu que havia uma grande quantidade de celulares, no entanto, o valor declarado na nota fiscal correspondia a pouco mais de R$ 150 mil, valor inferior ao carregamento.

clique na imagem e saiba mais

Os policiais verificaram a carga minuciosamente e fizeram a conferência das notas fiscais junto à Receita Federal, constatando que a quantidade de celulares era incompatível com o valor declarado nas notas. Além disso, elas apresentavam indícios de fraude. Os aparelhos, importados de Hong Kong, foram apreendidos e serão enviados à Receita Federal na próxima semana. O caso foi encaminhado para a Delegacia Sede de Registro.

ÁGIL DPVAT