Cartilha virtual grátis sobre violência contra a mulher é lançada por Hospital Estadual de Américo Brasiliense, SP

Documento pode ser consultado de forma virtual e gratuita. Denúncias podem ser feitas pelo telefone 180.

O Hospital Estadual de Américo Brasiliense (SP) lançou uma cartilha virtual com orientações e informações para mulheres vítimas de violência. O documento pode ser consultado gratuitamente pelo site do hospital e também nas redes sociais.

Só entre abril e junho, período mais intenso da quarentena, o estado de São Paulo registrou 5.559 boletins de ocorrência de violência doméstica feitos pela internet. Isso, em média, são 62 denúncias por dia, o equivalente a uma a cada 23 minutos.

clique na imagem e saiba mais

“Essa cartilha foi pensada pela equipe de Serviço Social como uma cartilha informativa, então ela contém tanto os tipos de violência e o ciclo da violência, como os canais de atendimento para as mulheres vítimas”, explicou a assistente social Haline Canelada.

Cartilha feita por Hospital Estadual de Américo Brasiliense (SP) auxilia mulheres vítimas de violência — Foto: Reprodução

Suporte

A cartilha auxilia a mulher a entender os tipos de violência, que não se enquadra somente no contato físico. “Hoje os tipos de violência estão voltados para violência física, sexual, patrimonial e econômica, moral e psicológica”, explicou a assistente.

Além disso, o documento traz alguns aplicativos que podem auxiliar no momento de denúncia e fornece medidas de atendimento para as vítimas de violência. O telefone 180 da Central de Atendimento da Mulher é um dos canais para denunciar.