Casa Rosa vai abrigar mulheres vítimas de violência em Araras, SP

Objetivo é garantir a preservação da integridade física, emocional, o auxílio no processo de reorganização da vida e resgate da autoestima.

A Prefeitura Municipal de Araras (SP) segue com as obras para implantação do abrigo para mulheres vítimas de violência doméstica. O local, conhecido como Casa Rosa, vai ampliar o acolhimento, garantindo estrutura adequada para recebê-las e segurança até que consigam reestruturar a vida.

O abrigo vai funcionar em um prédio municipal que passa por reforma e vai disponibilizar casas para abrigar até nove mulheres e seus filhos.

O projeto é realizado por meio de parceria entre as Secretarias de Planejamento, Gestão e Mobilidade e Assistência Social e o Fundo Social, e tem como objetivo garantir a preservação da integridade física, emocional, o auxílio no processo de reorganização da vida e resgate da autoestima.

clique na imagem e saiba mais

“Muitas mulheres, vítimas de violência, não têm pra onde ir e isso acaba fazendo com que desistam de fazer a denúncia contra seus companheiros. Em breve, com a Casa Rosa, teremos um local com segurança para abrigá-las até que reestruturem a vida. Esse é um projeto pioneiro na cidade, pensado no bem estar dessas mulheres”, reforçou o prefeito Junior Franco.

Na última segunda-feira (22), ele visitou o local acompanhado do vice-prefeito Carleto Denardi, da primeira-dama e presidente do Fuss (Fundo Social de Solidariedade) Daniela Franco, da secretária municipal da Assistência Social Delcina Maria de Souza Teixeira e dos vereadores Marcelo de Oliveira e Deise Olímpio.

“A moradia será provisória, porém elas terão toda atenção básica, como alimentação, segurança e para ajudá-las na recolocação no mercado de trabalho”, comentou Delcina, acrescentando que o novo serviço irá fortalecer as redes de proteção e atenção à mulher, composta também pelo Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social).