Chadwick Boseman, astro de ‘Pantera Negra’, morre aos 43 anos

Ator lutava contra câncer de cólon desde 2016 e morreu em sua casa, nos Estados Unidos.

O ator Chadwick Boseman morreu aos 43 anos. Conhecido por interpretar o Pantera Negra no filme da Marvel, e por diversos outros papéis no cinema, ele enfrentava um câncer de cólon desde 2016.

“É com imensurável pesar que confirmamos a morte de Chadwick Boseman. Chadwick foi diagnosticado com câncer de colo de estágio 3 em 2016, e lutou contra ele nestes últimos quatro anos conforme progrediu para estágio 4”, afirmou a família do ator em seu perfil no Twitter.

clique na imagem e saiba mais

“Um verdadeiro lutador, Chadwick perserverou por tudo, e trouxe a vocês muitos dos filmes que tanto amam. De ‘Marshall: Igualdade e Justiça’ a ‘Destacamento Blood’, ‘Ma Rainey’s Black Bottom’ de August Wilson e muitos mais, todos foram gravados durante e entre incontáveis cirurgias e quimioterapia. Foi a honra de sua carreira trazer à vida o rei T’Challa em ‘Pantera Negra’.”

De acordo com a nota, ele morreu em sua casa, acompanhado da mulher e da família. Nascido na Carolina do Sul, o americano Chadwick Aaron Boseman começou a carreira na televisão, com um pequeno papel na série “Parceiros da Vida”.

Depois de participações em séries como “Lei & Ordem” e “Plantão médico”, ele ganhou seu primeiro papel regular em “Lincoln Heights”, em 2009. Seu primeiro personagem de destaque no cinema veio como o protagonista de “42: A História de uma Lenda” (2013).

No filme baseado em fatos, interpretou o jogador de beisebol Jackie Robinson, que em 1947 se tornou o primeiro negro a entrar para um time da principal competição dos Estados Unidos, a Major League Baseball.

O papel marcaria uma carreira repleta de personagens importantes da cultura negra americana, como o cantor James Brown, em “Get on Up: A História de James Brown” (2014), e o juiz Thurgood Marshall, primeiro membro negro da Suprema Corte americana, em “Marshall: Igualdade e Justiça” (2016).