Com hospitais lotados e fila por leitos, Mato Grosso do Sul transfere pacientes com Covid para São Paulo

Cinco pessoas em estado grave são levadas para a capital paulista. Na semana passada, estado já havia transferido doentes para Rondônia.

Por Anderson Viegas, G1 MS – O governo do estado do Mato Grosso do Sul vai encaminhar para hospitais de São Paulo cinco pacientes com Covid que estão em estado grave de saúde. A remoção está prevista para 16h (horário local, 17h de Brasília) e ocorre por causa das filas por leitos clínicos e de terapia intensiva nos hospitais do estado — neste domingo, o número de pessoas à espera de vagas chegou a 251.

No início deste domingo (6), a secretaria estadual de Saúde (SES) havia informado que seriam enviados apenas três pacientes a São Paulo, porém, horas antes do embarque, definiram que cinco pessoas serão levadas de Campo Grande para capital paulista. Só no mês de junho o estado já registrou 10.834 casos positivos de Covid.

As transferências de sul-mato-grossenses para outros estados começaram na quarta-feira (2). Uma paciente de Bonito foi encaminhada para Porto Velho, em Rondônia. O estado havia oferecido 10 leitos de UTI (unidade de terapia intensiva) ao governo de Mato Grosso do Sul.

Na sexta-feira (4), mais 7 pacientes de Dourados seguiram para Rondônia, e, no sábado (5), mais um caso grave, desta vez do município de Itaquirai, foi enviado para o estado, totalizando nove transferências.

A nova leva de transferências, desta vez para São Paulo, ocorre após uma reunião da equipe do governo do estado com representantes de várias instituições e dos ministérios da Saúde e da Defesa.

Além dos três pacientes que serão transferidos neste domingo (6) para a capital paulista, a Central Estadual de Regulação está levantando junto aos municípios da microrregião de Campo Grande outros pacientes elegíveis para a transferência ainda neste domingo.

O avião da Força Aérea Brasileira (FAB) com os três pacientes vai decolar de Campo Grande com destino o aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Os pacientes serão encaminhados para o Hospital Geral Vila Penteado e o Hospital Estadual Metropolitano Santa Cecília.

O secretário estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul, Geraldo Resende, agradeceu o gesto humanitário dos governos de São Paulo e Rondônia. ”Seremos eternamente gratos com São Paulo, assim como Rondônia, por essa ajuda tão importante neste momento crítico que Mato Grosso do Sul está enfrentando”, destacou.

Resende chegou a cogitar transferir pacientes para o Espírito Santo, mas o governador do estado, Renato Casagrande (PSB) afirmou que, neste momento, não pode receber.

Situação do estado

Mato Grosso do Sul confirmou 1.316 casos novos de Covid-19 neste domingo (6), chegando a 301.559 infectados com o novo coronavírus em toda a pandemia. Desse total, 10.834 registros foram feitos no mês de junho.

Com os casos novos a média móvel se mantém alta, 1.779, uma das 10 maiores de toda a pandemia. A taxa de contágio segue em 1,14, mesmo nível que atingiu na sexta-feira (4).

Mais 50 mortes provocadas pela doença foram confirmadas pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). O total de óbitos atingiu 7.122, sendo 183 apenas deste início de junho.

A média móvel permanece em 47,3 vidas perdidas por dia, nos últimos 7 dias – mesmo patamar de sábado (5) e a taxa de letalidade atingiu 2,4%. Mato Grosso do Sul, segundo a SES, tem 22.930 casos ativos de Covid-19. Desse total, 21.643 pessoas, com sintomas leves ou assintomáticos, cumprem isolamento domiciliar.

Outras 1.287, com quadro mais severo da doença estão internadas. Em leitos clínicos estão 740 pacientes e em unidades de terapia intensiva (UTIs), 547. A taxa de ocupação de leitos de UTI para tratamento de Covid neste domingo é de 104% nos hospitais sul-mato-grossenses.

Além dos hospitalizados, o estado tem 251 pacientes que estão com a doença ou são casos suspeitos aguardando a transferência par leitos clínicos e de UTIs em hospitais. Somente na macrorregião de Campo Grande são 168, dos quais 137 da capital.

O estado tem ainda 14.505 casos suspeitos de Covid-19. Os laboratórios estão com 5.634 amostras de testes aguardando resultado e os municípios possuem 8.871 notificações em aberto.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT