Com período de chuvas aumentam os aparecimentos de Lacraias

São animais peçonhentos, no entanto, o veneno não é muito perigoso para o homem.

As lacraias são animais pertencentes à classe Chilopoda e acreditem: algumas espécies podem alcançar quase 50 centímetros de comprimento! Podem ser facilmente reconhecidas, pois o corpo é comprido dividido em numerosos segmentos, cada um com um par de pernas articuladas que não se movem simetricamente o que dá muita rapidez ao animal. Na cabeça, possuem um par de antenas, dois pares de olhos simples e os maxilípedes onde se localiza o ferrão.

O veneno das lacraias é muito pouco tóxico para o homem. Embora existam muitas lendas a respeito desse animal, não há, no Brasil, relatos comprovados de morte nem de envenenamentos graves em acidentes com lacraias. Os sintomas são: dor forte e inchaço (edema) no local da picada.

O veneno é muito eficiente para pequenos animais como outros artrópodes, roedores, anfíbios e etc, suas presas favoritas. Quando se sentem ameaçadas levantam a parte posterior do corpo para intimidar o inimigo, mas esse movimento não oferece nenhum risco uma vez que o ferrão não está ali.

clique na imagem e saiba mais

Esses animais adoram ambientes úmidos, pois se desidratam muito facilmente. Na natureza se escondem sob folhas no solo, casca de árvores e troncos podres ou constroem um sistema de galerias, contendo uma câmara onde o animal se protege. Em nossas casas são muito comuns em locais que não recebe luz solar e que seja úmido. Para encontrarem um ambiente ideal contam com um órgão chamado órgão de tomosvary, que são estruturas hidroreceptoras, que detectam umidade.

Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.