Com sonho de ser policial, menino ganha festa com o tema e passeio na viatura da Polícia Civil

Aniversário de 5 anos de Gael Possari Neves foi realizado em esquema drive-thru, em Dracena. Presença de agente policial foi pedida pelo garoto.

Ser policial. Esse é o sonho do pequeno Gael Possari Neves, que mora em Dracena (SP). Ele comemorou a chegada dos 5 anos neste sábado (10) e recebeu o presente que tanto pediu aos pais: a visita da Polícia Civil. A festa foi realizada em esquema drive-thru e contou com a presença de uma equipe da instituição policial.

O aniversariante, que sonha em ser um policial, é um grande admirador da Polícia Civil e sempre faz visita à sede da Delegacia Seccional de Polícia de Dracena, onde a mãe dele, Karine Possari, trabalha como escrivã.

“Sou escrivã de polícia, mas não sou operacional, trabalho interno, contudo, acredito que isso deva ter contribuído para a paixão do Gael. O Gael sempre gostou, desde muito pequeno soube distinguir as polícias Civil e Militar. Eu tenho aversão à arma, mas ele sempre gostou e quando nem sabia falar direito, me pediu uma algema e um coldre. Arma eu não dei, mas foi inevitável e acabou ganhando de parentes e amigos. Eu imaginava que isso fosse passar, mas foi aumentando a admiração e, para minha surpresa, me pediu como tema do aniversário”, contou a mãe.

Karine ainda falou que como adora fazer festa, ficou imaginando como poderia deixar o tema mais lúdico, tirar “aquela impressão rude da polícia”. Ela ainda se preocupar em adaptar a festa ao atual momento de pandemia.

“Foi então que surgiu a ideia do ‘Drive-thru do Policial Gael’. Desde o ano passado ele tem uma camiseta muito semelhante à da Polícia Civil e também implorava por uma calça e colete táticos. Quando se faz aquela pergunta típica: ‘o que você vai ser quando crescer?’, ele responde: ‘vou ser policial’. De vez em quando levo ele para a delegacia comigo, ele fica admirando as viaturas e muito corajoso, pediu diretamente ao delegado seccional para o policial Reginaldo, pois tinha de ser o Reginaldo, vir de viatura em sua festa, o que lhe foi prontamente autorizado. A viatura com a sirene ligada aqui em frente de casa foi a sensação da festa. As crianças que passavam de carro e paravam para receberem a lembrancinha ficavam vidradas, nem precisava de decoração, era só por a viatura aqui na frente (risos)”, disse Karine.

O agente policial Reginaldo Rosa dos Santos, que foi quem o Gael solicitou a presença na festa, disse que foi algo diferente do dia-a-dia de trabalho, mas fundamental “para perceber que fez a escolha certa da profissão”.

“Quando a instituição que você representa proporciona a felicidade a partir dos olhos de uma criança, não tem preço. Mostra o lado social da polícia e o quanto nós representamos para crianças, muitas vezes somos o sonho de vida delas. Uma atitude simples, mas que faz uma grande diferença. O Gael naquele momento viveu um pouquinho do sonho dele, que evidenciado no brilho do olhar e no sorriso. É a oportunidade que temos de mostrar que o policial nada mais é do que um cidadão comum, que veio do seio da sociedade, igual a todos. Com erros e acertos”, pontuou.

Em uma mensagem de áudio enviada ao WhatsApp, o Gael descreveu a sensação de receber a viatura policial em sua festa de aniversário. “Achei legal, o Reginaldo veio com a viatura, o Chase da Patrulha Canina também veio, ele é um cachorro policial, meus amigos gostaram da viatura, foi legal passear na viatura”, falou o Gael.

O pequeno, que sonha em ser policial, encerrou o áudio dizendo que a melhor hora foi quando tocou a sirene da viatura, inclusive, imitou o som com muita alegria. Com a chegada da viatura no local da festa, o aniversariante pode tocar a sirene e ficar ainda mais perto do sonho de ser policial.

Em razão do período de pandemia, respeitando todos protocolos de saúde, os familiares optaram em fazer a comemoração em estilo drive-thru.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT