Comitiva de MG visita Guarda Civil Municipal para conhecer de perto “Patrulha Maria da Penha” em Araras, SP

Além das ocorrências especificas, a Patrulha Maria da Penha segue prestando assistência às vítimas.

O inspetor Fernando Chieregatto – secretário Municipal de Segurança Pública e Defesa Civil de Araras (SP), recebeu na tarde desta quarta-feira (15), uma comitiva da Guarda Civil Municipal de Uberaba (SP), que viajou até o município para conhecer mais de perto a Patrulha Maria da Penha, voltada a vítimas de violência doméstica. O patrulhamento também é destinado a idosos e crianças.

Com uma equipe exclusiva, as ocorrências serão realizadas por meio do aplicativo “Está Acontecendo”, disponível, a princípio somente para o sistema Android, e sem custos aos cofres públicos. O dispositivo foi desenvolvido por Fernando Moura, da cidade de Botucatu (SP).

“Com a Patrulha, as vítimas dessas atrocidades terão todo o apoio das forças policiais. A ideia do aplicativo, sem custo algum para a Prefeitura Municipal, veio da GCM de São Manuel (SP), que também utiliza a mesma ferramenta virtual”, comentou Chieregatto.

Além das ocorrências especificas, a Patrulha Maria da Penha segue prestando assistência às vítimas. “O nosso apoio não é restrito apenas na ocorrência de fato. Estamos acompanhando essas pessoas frequentemente, sempre que necessário, para que não ocorram abusos novamente”, explicou o secretário.

Aplicativo “Está Acontecendo” e Patrulha Maria da Penha

A Patrulha Maria da Penha é responsável por prestar assistência às mulheres vítimas de violência doméstica. Com uma equipe exclusiva, as ocorrências são realizadas por meio do aplicativo “Está Acontecendo” e também por meio do telefone e  WhatsApp da equipe.

Além de ações emergenciais, a Patrulha também realiza o acompanhamento diário das vítimas com medidas protetivas, com informações e visitas presenciais. “Por meio do aplicativo e do telefone fazemos todos os contatos com as vítimas de violência doméstica diariamente. Temos acompanhado cada caso, esclarecendo dúvidas e também recebendo o maior número de informações sobre os possíveis agressores”, ressaltou Cristóvão.

Disponível somente para o sistema Android, inicialmente, aplicativo “Está Acontecendo” pode ser baixado no seguinte link:  https://play.google.com/store/apps/details?id=net.estacontecendo.android. Outras informações sobre a Patrulha Maria da Penha podem ser obtidas pelo telefone 3543-1547.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT