Como fazer para ter mais rendimento ao estudar?

Muitos estudantes se enganam e acham que estudar longas horas todos os dias é o suficiente para guardar todas as informações na cabeça.

Estudar para concurso público não é uma tarefa fácil e nem simples, mas pode ser bem mais tranquila se você souber o que fazer para otimizar o seu tempo, potencializar o seu aprendizado e ganhar mais rendimento ao estudar. Com um edital gigante, pouco tempo disponível e cansaço batendo na porta todos os dias é realmente mais difícil assimilar um conteúdo.

Muitos estudantes se enganam e acham que estudar longas horas todos os dias é o suficiente para guardar todas as informações na cabeça. Mas, o fato é que mais importante do que quantidade é a qualidade do seu estudo. Estudar sem qualidade e sem compromisso invalida qualquer tempo, seja ele longo ou curto. Veja a seguir algumas dicas que vão te fazer render bem mais daqui pra frente.

Estude no seu melhor horário

Existem períodos do dia em que o seu cérebro aprende mais e melhor. Alguns concurseiros rendem mais de manhã, outros à tarde e muitos deles preferem estudar de noite ou de madrugada. Descubra o momento em que você sente que aprende mais rápido.

Se o seu único tempo disponível para estudar é aquele que você percebeu que menos rende, não tem problema. Ponha as outras dicas em prática e continue persistindo.

Aprenda com quem já passou

No mundo dos concursos, o que não faltam são pessoas prometendo levar você até a aprovação. Contudo, muitas vezes, essas pessoas são aquelas que nunca passaram em nada. Difícil falar daquilo que não viveu, não acha?

Portanto, a dica é aprender com quem realmente já passou, com quem sofreu os mesmos problemas que você, com quem alcançou o lugar onde você deseja estar. E isso não tem a ver com longa experiência de estudo, mas com alcance de resultados.

Um exemplo bem legal e que vale a pena ser seguido é o Kalebe Dionísio, um ex-concurseiro, jovem, atual servidor federal, nomeado em outros 10 concursos federais e que tem um curso com excelentes dicas sobre como ser aprovado em pouco tempo em concursos tão concorridos como foram os dele. Vale a pena conferir.

Durma bem

Não é balela, tá? Dormir de 7 a 8 horas por noite é essencial para a sua saúde, para a saúde do seu cérebro, vai te dar mais disposição e facilitar o aprendizado. Não se iluda com a história de quem dorme 3 horas por noite para se dedicar aos estudos no restante do tempo.

Faça um estudo ativo

O estudo ativo nada mais é do que fazer anotações durante a leitura de um livro ou durante uma videoaula. Além de anotações, faça grifos, relacione com outro conteúdo já estudado e marque o que precisa reforçar. O estudo se torna mais dinâmico, menos cansativo e mais prazeroso.

Faça resumos ou mapas mentais

Pode até parecer contraditório, já que resumir ou fazer mapas mentais leva algum tempo, mas se você sente que assimila melhor o conteúdo com essas duas práticas, só faça. Quando escreve, você faz ligações entre as informações, usa a sua compreensão para resumir, força o cérebro a entender e ainda vai ter um excelente material de consulta depois.

Respeite os períodos de descanso

Descansar é fundamental. Estude por uma ou duas horas, no máximo, faça uma pausa de 15 ou 20 minutos e só depois retorne. Se possível, escolha um dia para não estudar ou ao menos para ter períodos mais longos de descanso.

É importante usar essa folga para realizar outras atividades que não tenham nada a ver com concurso. Você vai voltar revigorado, tenho certeza.

Descubra o que está atrapalhando o seu rendimento

Aqui é o momento de ser bem sincero e decifrar o que, de fato, está atrapalhando os seus estudos. Vale até fazer um diário com a lista de tudo que você fez ao longo do dia. Já adianto alguns pontos que poderão surgir nessa lista:

  • Uso excessivo do celular, especialmente as redes sociais;
  • Dormir muito ou dormir pouco;
  • Parar o tempo todo para ir ao banheiro, pegar água, atender o telefone etc;
  • Pausas longas demais;
  • Muito material de estudo que te impedem de focar no que realmente é importante;
  • Se comparar ao colega concurseiro.

Descobriu o que está fazendo de errado? Drible todos esses obstáculos. Só assim, você conseguirá ter um ótimo rendimento ao estudar.

Exercite a sua memória

O cérebro precisa de estímulos novos para se manter sempre ativo e mais disposto a aprender. E para alcançar esse patamar, você não precisa fazer coisas mirabolantes. Mude um pouco a forma como você executa as suas atividades de rotina que já ajuda.

Alguns exemplos: siga um trajeto diferente ao ir para o trabalho, use a mão esquerda para tarefas que você faz normalmente com a direita, teste uma receita nova, tenha uma aula de um exercício diferente etc. A ideia é sair do piloto automático de vez em quando.

Evite a decoreba

Concurso é muita repetição, é verdade. Mas, sempre que possível, evite decorar. Foque mais em compreender como aquilo funciona na sua realidade, trazendo para a sua vida.

Seja organizado

É muito importante ter um calendário de estudos. Monte um cronograma simples, de acordo com o edital e com suas horas de estudo. No dia anterior, organize o seu material do dia seguinte. Aí, é só sentar e começar a estudar.

Estudar pode ser muito mais produtivo se você descobrir o jeito certo de fazer isso. E se você quer alcançar um resultado positivo em um tempo curto, precisa de técnicas eficientes de estudo. Com as nossas dicas, com certeza as suas chances serão maiores.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT