Conheça os pré-candidatos já declarados a prefeito de Araras, SP

Em virtude da pandemia do coronavírus, pleito ocorrerá nos dias 15 (primeiro turno) e 29 de novembro (segundo).

A movimentação de políticos e partidos já é forte em torno de nomes para disputar o pleito que vai definir o futuro prefeito de Araras (SP). A cidade tem até o momento sete pré-candidatos declarados ao cargo de chefe do executivo. São eles: Junior Franco, Pedrinho Eliseu, Dr. Brambilla, Bonezinho, Jackson de Jesus, Professor Bibo Bozzini e Hélder Bovo. Veja o perfil nas redes sociais de cada um abaixo.

clique na imagem e saiba mais

O número de postulantes ao cargo ainda pode mudar, já que a data-limite de homologação de candidaturas junto à justiça eleitoral vai até 26 de setembro. Em virtude da pandemia do coronavírus, pleito ocorrerá nos dias 15 (primeiro turno) e 29 de novembro (segundo). 

A resolução as novas datas de alguns atos  já adiados, como a das convenções partidárias para deliberar sobre escolha de candidatos e coligações, que ocorreriam de 20 de julho a 5 de agosto e passaram para o período de 31 de agosto a 16 de setembro. Também ajusta o prazo para o registro de candidaturas, que terminaria em 15 de agosto e foi transferido para 26 de setembro.

Pelo texto, os partidos políticos e as coligações devem apresentar à Justiça Eleitoral o requerimento de registro de seus candidatos até 19h de 26 de setembro. Será possível, ainda, enviar o requerimento, via internet, até as 8h. A orientação do TSE é para que as chapas evitem deixar a inscrição para a véspera ou para o último dia, a fim de evitar congestionamento no sistema e aglomerações, caso seja feito de forma presencial. 

Outra alteração estabelecida é sobre a propaganda eleitoral, inclusive na internet, que será permitida a partir de 27 de setembro, depois do fim do prazo para apresentação dos registros de candidatura. Já a diplomação dos candidatos eleitos deve ocorrer até o dia 18 de dezembro em todo o país. A data da posse dos eleitos (1º de janeiro de 2021) não sofreu mudanças.
 
As prestações de contas de candidatos e partidos relativas ao primeiro e ao segundo turnos das eleições deverão ser encaminhadas à Justiça Eleitoral (JE) até o dia 15 de dezembro. Por sua vez, a JE deverá publicar as decisões dos julgamentos das contas dos candidatos eleitos até o dia 12 de fevereiro de 2021. As mudanças no calendário eleitoral foram modificadas através da Emenda Constitucional nº 107/2020, criada em virtude da pandemia do coronavírus. 
 
O texto permitiu ao TSE solicitar ao Congresso Nacional a marcação, via decreto legislativo, de novas datas de eleições em estado ou município em que a situação sanitária revele riscos aos eleitores, mesários e servidores da Justiça Eleitoral. Nesses casos, o prazo final fixado pela emenda e pelo calendário para que essas votações ocorram até 27 de dezembro. 
 
O TSE não usará neste pleito a identificação biométrica do eleitor, atendendo à recomendação da consultoria sanitária. A medida servirá para minimizar o risco de contágio nas seções eleitorais e porque a biometria retarda o processo de votação. Outra alteração foi aampliação do horário da votação em uma hora; eleitores irão às urnas das 7h às 17h.