Conta de luz não deve ter taxa extra até o fim do ano, diz ONS

De acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico, reservatórios do país estão com bons níveis.

Consumidores brasileiros deverão ter um alívio nas contas de luz até o final de 2022. De acordo com o diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luiz Carlos Ciocchi, a bandeira tarifária deverá permanecer no patamar verde até dezembro. A bandeira na cor verde indica que não haverá a cobrança da taxa extra.

Até este mês, o Brasil estava com a bandeira de escassez hídrica, adotada após a crise hídrica do ano passado. A cobrança no caso fica em R$ 14,20 a cada 100 quilowatts-hora consumidos. Essa bandeira, no entanto, será alterada para a bandeira verde neste sábado (16).

No domingo (10), o ONS divulgou os níveis do reservatórios de água do país, utilizados para a geração de energia em usinas hidreléticas.

Subsistema Sudeste/Centro-Oeste: 65,14%;
Subsistema Sul: 51,68%;
Subsistema Nordeste: 97,24%;
Subsistema Norte: 98,43%.

Ao comentar a situação, Luiz Carlos Ciocchi explicou que a situação é “boa”.

– Nós estamos com os reservatórios numa boa condição, e só vamos ter o despacho térmico dentro da ordem de mérito, ou seja, só utilizando as térmicas inflexíveis [que, por contrato, precisam funcionar]. Nessa situação, a tendência, a expectativa de todo o setor elétrico é que a gente passe todo este ano com bandeira verde – disse.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP