Coordenador da Defesa Civil alerta sobre o perigo de queimadas e incêndios em mata nesse período de estiagem em Araras, SP

PUBLICIDADE

O vento contribui com a rapidez do alastramento do fogo, pois quanto mais vento, maior a combustão.

No último final de semana a população da região leste de Araras (SP), presenciou mais um incêndio no Bosque Ararinha, que atingiu uma grande área de preservação ambiental, que está sendo investigado. Devido o período de estiagem, as queimadas em áreas de vegetação aumentam.

Nesse período a vegetação começa a ficar seca, e qualquer contato com algo em combustão, provoca fogo com uma grande capacidade de alastramento e de queima. Há relatos de pessoas que acreditam poder controlar o fogo em áreas de vegetação, mas o problema é que o fogo se alastra rapidamente e pode acabar se tornando um ‘dantesco’ e consumir uma propriedade inteira. O vento contribui com a rapidez do alastramento do fogo, pois quanto mais vento, maior a combustão.

PUBLICIDADE

Com a prática do crime todos saem prejudicados, pois a população contrai problemas respiratórios, os bombeiros apagam um incêndio hoje, amanhã outro incêndio acontece, seja por acidente ou criminalmente e mais uma vez profissionais colocam a vida em risco, por algo que poderia ter sido evitado. As ocorrências começam a ser registradas no mês de março, tendo como período mais crítico o mês de setembro, quando os incidentes com fogo aumentam.

As ocorrências seguem até o início das chuvas no mês de outubro. Para falar mais sobre esse assunto, o coordenador da Defesa Civil de Araras (SP), Marcus Vinicius Cabral, participou na nesta terça-feira (5), do programa MANHÃ TOTAL. Durante entrevista fez um alerta sobre perigo de queimadas e incêndios em mata nesse período de estiagem. Acompanhe acessando o link: https://www.facebook.com/reporterbetoribeiro/videos/766605188104613

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP