COPOM da PM tem mais pedidos de informações que trotes, e volume atrapalha emergências na região de Piracicaba, SP

Central de atendimento que atende 52 cidades da região de Piracicaba recebe, em média, 100 mil ligações por mês. De acordo com a PM, pedidos de informação prejudicam atendimento aos casos urgentes.

Um levantamento da Polícia Militar mostrou que o número de ligações de pessoas solicitando informações gerais pelo telefone 190 tem atrapalhado os atendimentos de emergência.

O volume de chamadas com pedidos de telefones, endereços ou dados é tão alto, que supera inclusive o número de trotes, outro vilão que atinge aa central de atendimento das ligações CPI-9.

A unidade localizada em Piracicaba (SP) atende 52 cidades da região e recebe, em média, 100 mil ligações por mês. De janeiro a maio de 2021, o Copom recebeu 68 mil trotes e mais 86 mil ligações de pedidos de informações.

Segundo a Polícia Militar, essa sobrecarga do sistema prejudica o atendimento à população. O capitão Glauber Stamato aponta que a maior parte das ligações são referentes a pedidos que seriam facilmente encontrados pela internet.

Ele reforça que o canal 190 é exclusivo para situações de emergência, para denúncias e pedidos de ajuda em crimes contra a vida, roubos ou furtos, por exemplo.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT