Coronavírus: Doria avalia usar polícia para fiscalizar idosos que saem às ruas em SP

clique na imagem e saiba mais

Consideradas o principal grupo de risco da covid-19, pessoas acima de 60 anos devem evitar ao máximo sair de casa.

Por Fernando Mellis, do R7

O governador de São Paulo, João Doria, afirmou nesta quinta-feira (26) que autoridades policiais poderão mandar idosos que forem vistos na rua para casa enquanto vigorarem as medidas de restrição à circulação de pessoas impostas por ele até 7 de abril em todo o estado.

“Se continuarmos ainda vendo em ruas, em áreas de circulação, pessoas que visivelmente tem mais de 60 anos, poderão ser abordadas por policiais, da Polícia Militar do Estado de São Paulo, como poderão ser abordadas também por agentes da Guarda Civil Metropolitana, recomendando que sigam para as suas casas.”

Doria também pediu que a população “ajude as pessoas com mais de 60 anos a ficarem em casa”.

“Algumas pessoas, teimosamente [saem às ruas] ou porque não tiveram acesso à informação de forma correta, ou porque algum parente tenha dito a ela que estamos enfrentando uma gripezinha ou um resfriadozinho… E essa não é a verdade. Estamos enfrentando uma crise gravíssima que fataliza principalmente pessoas com morbidades, que estão doentes, com deficiência e, sobretudo, pessoas com mais de 60 anos.”

No entanto, trata-se apenas de recomendações e orientações. Mas o governador não descartou endurecer a fiscalização. “Se houver necessidade de uma ação ainda mais forte, nós adotaremos, sem dúvida nenhuma, para proteger vidas.”

Fonte: https://noticias.r7.com/sao-paulo/doria-diz-que-pm-podera-abordar-idosos-que-estiverem-na-rua-26032020