Coronavírus: oito serviços online que estão e graça durante a quarentena

Serviços pagos liberaram conteúdos grátis para ajudar a manter as pessoas em casa.

Por Guilherme Ramos, para o TechTudo

A quarentena provocada pela pandemia de coronavírus fez com que diversos serviços online liberassem seus conteúdos, que normalmente são pagos, de forma gratuita. A iniciativa visa incentivar as pessoas a ficarem reclusas em casa, para evitar a propagação do Covid-19. É possível ter acesso a conteúdos do Globoplay, livros na Amazon e até mesmo serviço com psicólogo online de graça. A seguir, confira uma lista com serviços que estão grátis no período de isolamento. Vale ressaltar que as ações têm duração limitada e depois voltarão aos seus preços regulares.

1. Livros de graça na Amazon

Para os amantes da leitura, a Amazon liberou centenas de livros digitais para download grátis. Os e-books são de temas variados: além de ficção científica e livros sobre história e filosofia, a empresa também disponibiliza exemplares de literatura clássica e até teses de mestrado e doutorado. As obras podem ser adquiridas na Loja Kindle da Amazon ou no próprio site da companhia, ao selecionar a opção “Livros” e, em seguida, o formato “e-book Kindle”. Depois de baixados, os livros poderão ser lidos nos dispositivos Kindle ou, também, no aplicativo gratuito para computadores, tablets e smartphones Android e iPhone (iOS).

clique na imagem e saiba mais
Amazon libera versão digital de livros gratuitamente — Foto: Reprodução/Guilherme Ramos

2. Mais opções de leitura no Scribd

Além de e-books, o Scribd disponibilizou todo o seu acervo de forma gratuita. A iniciativa libera, por 30 dias, milhões de audiobooks, artigos de revistas e muito mais, sem necessidade de cadastro de cartão de crédito. De acordo com o CEO da empresa, Trip Adler, o objetivo da ação é que qualquer pessoa possa ter acesso aos seus livros preferidos, seja para entretenimento ou busca de conhecimento em qualquer área. Para aproveitar a promoção, basta acessar o site oficial do Scribd e resgatar os 30 dias gratuitos que estarão disponíveis.

Scribd libera todo o seu acervo para o público — Foto: Divulgação/Scribd

3. Programas da Adobe

Como muitas escolas e faculdades estão suspendendo aulas, a Adobe liberou acesso a alguns de seus aplicativos para facilitar os estudos à distância. A empresa disponibilizou programas como o Adobe Creative Cloud e o Adobe Connect de graça para estudantes e professores continuarem os progressos de sala de aula em casa. O primeiro, disponível até 31 de maio, é um conjunto de aplicativos que engloba ferramentas como Photoshop, Illustrator e Acrobat. Já o segundo, liberado gratuitamente por 90 dias, é um software para apresentações e conferências online.

Adobe disponibiliza programas gratuitamente para auxiliar nos estudos a distância — Foto: Divulgação/Adobe

4. Filmes e séries no Globoplay

O Globoplay, serviço de streaming da TV Globo, disponibilizou alguns conteúdos com acesso livre para não assinantes da plataforma, voltados para crianças e adolescentes. É possível assistir a séries infantis, como Sítio do Pica-pau Amarelo e Detetives do Prédio Azul, além de todas as temporadas de Malhação e do seriado Sandy e Júnior.

Os conteúdos gratuitos estarão disponíveis por 30 dias e é possível acessar o Globoplay de várias formas: pelo computador, celular ou tablet Android e iOS, smart TVs, Chromecast, Android TV e Apple TV, com aplicativos independentes de cada dispositivo. Para entrar na plataforma, o usuário precisa usar sua Conta Globo.

Globoplay libera acesso grátis para quem não é assinante — Foto: Reprodução/Helito Beggiora

5. Aulas de Yoga no Down Dog

Para quem busca relaxar e se exercitar ao mesmo tempo, o Down Dog (www.downdogapp.com) está oferecendo aulas de Yoga gratuitamente até o dia 1 de abril. O aplicativo, disponível para celulares Android e iPhone, também tem versão para web e já oferecia algumas aulas de demonstração após o cadastro. Entretanto, devido à quarentena e à recomendação de evitar aglomerações, a empresa liberou seu conteúdo de maneira gratuita para os usuários.

A ferramenta cria uma experiência próxima a de um estúdio de Yoga, com opções de música de fundo e imagens para instruir e guiar o praticante. Para acessar, basta criar uma conta no serviço.

Down Dog libera aulas de Yoga de graça para qualquer usuário — Foto: Reprodução/Guilherme Ramos

6. Passaporte Tinder gratuito

A reclusão social também afeta a paquera. Ainda assim, o Tinder encontrou uma maneira de fazer com que seus usuários não fiquem solitários, mesmo que estejam isolados em casa. O recurso Passaporte permite a conexão com qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo e estará disponível até 30 de abril para todos os membros do Tinder. Normalmente, a ferramenta só é liberada para assinantes dos planos Plus e Gold.

Com o Passaporte, o usuário poderá escolher uma cidade e, então, dar likes e matches com pessoas daquela região. Só é possível visitar uma cidade diferente por dia, mas você pode alterar a sua localização (permitindo, assim, que outras pessoas o encontrem quando buscarem por aquela região) quantas vezes quiser. Depois, é só começar a conversar com os matches.

Passaporte Tinder dará ao usuário opções de match em diversos lugares do mundo — Foto: Divulgação/Tinder

7. Consulta com psicólogo grátis e online

O portal Psicologia Viva (www.psicologiaviva.com.br) está disponibilizando atendimento psicológico online gratuitamente para residentes do estado de São Paulo durante a quarentena. A plataforma permite que o usuário converse com psicólogos autorizados com sigilo, comodidade, facilidade e segurança.

Um algorítimo auxilia na escolha dos profissionais, que são licenciados pelos conselhos regional e federal de psicologia. Esse benefício é válido até 31 de março e, para agendar uma consulta online, basta acessar o site oficial do Psicologia Viva e preencher um cadastro com nome, e-mail e horário de preferência.

O portal Psicologia Viva oferece consultas gratuitas e com segurança — Foto: Reprodução/Guilherme Ramos

8. Filmes gratuitos no Spcine Play

O streaming Spcine Play está disponibilizando gratuitamente todo o seu conteúdo por 30 dias, fruto de uma ação da prefeitura de São Paulo. A plataforma busca incentivar as produções de cinema locais e nacionais, com filmes de festivais de cinema da cidade. Além das películas, o site também conta com shows e demais atrações culturais de São Paulo.

Spcine Play conta com diversas produções de cinema e cultura da cidade de São Paulo — Foto: Reprodução/Guilherme Ramos