Corpo de motorista que teve caminhão ‘engolido’ por cratera é enterrado no interior de SP

clique na imagem e saiba mais

Corporação estava atendendo acidente quando viu o veículo sendo ‘engolido’ por uma cratera na Marechal Rondon (SP-300), em Botucatu (SP).

O corpo do motorista que teve o caminhão “engolido” por uma cratera durante o temporal que atingiu Botucatu (SP) entre domingo (9) e segunda-feira (10) foi enterrado em Porto Feliz (SP), onde morava com a família.

A vítima foi identificada como Epaminondas Macedo Souza, de 50 anos. O velório começou às 13h, na Capela Ecumênica do Cemitério Campo Santo, e o enterro ocorreu 15h. Amigos e parentes da vítimas acompanharam o cortejo.

Equipes do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar e da concessionária que administra a Rodovia Marechal Rondon localizaram, no fim da tarde de segunda-feira, o corpo do motorista e o caminhão, que foram arrastados pela enxurrada após um trecho da rodovia desmoronar no quilômetro 258. A vítima estava próxima ao veículo, a cerca de 1,3 quilômetro do local da queda.

Os bombeiros haviam iniciado as buscas pelo veículo e pelo motorista por volta das 5h de segunda-feira. Uma equipe do Corpo de Bombeiros que estava socorrendo duas vítimas de um acidente em Santa Maria da Serra (SP) e passava pelo local viu o momento em que o veículo foi “engolido”.

Além do caminhão, moradores contaram que um carro com duas pessoas foi arrastado pela correnteza na Ponte Capivarinha, distrito de Vitoriana. Bombeiros e a Polícia Militar foram acionados e fazem buscas pelos ocupantes do veículo.

O carro foi encontrado no Rio Capivarinha. Ainda não se sabe a identidade dos ocupantes.