Covid-19: Ação testa moradores do asilo Nossa Senhora do Patrocínio em Araras, SP

Foram testados 36 residentes, além de 24 funcionários.

Uma ação do Rotary Club de Araras Alvorada, em parceria com a Associação Brasileira de Portadores de Hepatite (ABPH), aplicou testes para detecção do novo coronavírus (Covid-19) em moradores da Fundação Nossa Senhora do Patrocínio – asilo, localizado no Belvedere, em Araras (SP).

clique na imagem e saiba mais

Foram testados 36 residentes, além de 24 funcionários, incluindo a diretoria da fundação. Para isso foi utilizada a metodologia RT-PCR, considerado o padrão-ouro no diagnóstico da Covid-19. Os exames foram aplicados na quinta-feira, 3 de setembro, e contou com o apoio de alunos da Fundação Hermínio Ometto (Uniararas), de enfermagem e farmácia, coordenados pelos professores Antonio Peripatto e Tauane Zanelli, e treinados para o atendimento.

Denominado de projeto Corona Zero, a ideia partiu da ABPH, que buscou a parceria do Rotary para chegar ao maior número possível de Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) no país, isso frente à vulnerabilidade natural dessa população e também em resposta ao protocolo da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) que estabeleceu o teste apenas aos pacientes sintomáticos, o que já chegou a comprometer mais de 50% dos moradores de algumas casas para idosos espalhados pelo Brasil.

Segundo a rotariana Ana Hoche, do Rotary Club de Araras-Sul, responsável por coordenar este projeto em Araras, o objetivo da ação é proteger a população mais vulnerável na pandemia da Covid-19, tanto os residentes quanto as pessoas que trabalham nessas instituições de longa permanência para idosos. “A importância dessa testagem é justamente, se tiver algum caso positivo, que se possa ter o protocolo adequado para que proteja os demais que estão ali naquele local”, completou.

Recursos

A Fundação Rotária forneceu 525 mil dólares aos 23 distritos brasileiros. Aos Rotary Clubs coube o cadastramento dos lares de idosos. “Vamos tentar chegar ao maior número de asilos possível”, frisou o diretor do Rotary Internacional, Mário César Martins de Camargo, logo que a campanha foi iniciada, em maio passado. Segundo dados coletados pelo projeto, desde o começo da pandemia, de 47 casas testadas, a maior parte no estado de São Paulo, 22, quase metade, tinham surtos de Covid-19.

Em Araras, além da Fundação Nossa Senhora do Patrocínio, cadastrada pelo Rotary Club de Araras Alvorada, também foi cadastrada a Casa de Repouso São Judas Tadeu, com iniciativa do Rotary Club de Araras Sul.

“Eu me sinto honrada pela oportunidade de participar de um projeto tão importante, que visa, unicamente, proteger os idosos residentes em casas de repouso. O Rotary tem uma preocupação especial em erradicar doenças e melhorar o tempo e a qualidade de vida das pessoas. Para mim, fazer parte de uma instituição que consegue ajudar e salvar idosos em um momento de pandemia é revigorante!”, disse que presidente do Araras Alvorada, Daniele Olímpio, depois de acompanhar de perto a ação de testagem ao longo de toda a manhã.

Os testes já retornaram aos cuidados do Laboratório Dasa, localizado em Barueri. A expectativa é que na próxima semana tenhamos os resultados e, na necessidade, os funcionários que testaram positivo serão afastados e os idosos isolados.

Mobilização

O presidente da ABPH e do Rotarian Action Group (RAG), Humberto Silva, o mentor do projeto, disse que a associação agiu muito rápido, depois da Organização Mundial da Saúde (OMS) ter revelado em 1º de maio que metade das mortes provocadas pela Covid-19 foram de residentes nessas instituições. “A ideia para este projeto, que era tão abstrato, se materializou e nos enche de alegria”, contou Silva.

Ao longo da pandemia já foi comprovado que os asilos possuem a população mais vulnerável ao coronavírus e que 20% das mortes por Covid-19 são de residentes e funcionários destes locais. Atualmente o Brasil tem mais de 70 mil idosos distribuídos em 3.500 Instituições de Longa Permanência para Idosos. (Com informações do jornalista Rafael Faria)