Covid-19: Após morte do pai, filhas agradecem profissionais da Santa Casa de Araras, SP

Segundo o último balanço epidemiológico, a cidade registra 3.102 casos confirmados da doença provocada pelo vírus.

Foi sepultado na tarde desta quinta-feira (17), o cantor Márcio Antônio Dias, aos 56 anos, mais uma morte em decorrência da covid-19. Com isso, a cidade de Araras (SP) chega a 60 óbitos relacionados à doença, registrados desde o início da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), em março deste ano. Grande Marcinho, uma pessoa muito querida, e tinha uma das vozes mais lindas que jamais será esquecida por todos nós.  

Ele era casado, morava no Jardim Luiza Maria e estava internado há algumas semanas, vindo a falecer nesta quinta-feira (17), depois de muita luta para vencer essa doença provocada pelo vírus. Emocionadas suas filhas Carla Dias, Caroline Dias, Carina Dias e Camila Dias fizeram postagens no facebook agradecendo todo empenho dos profissionais da Santa Casa de Misericórdia. Leia abaixo:  

clique na imagem e saiba mais

Hoje perdemos nosso pai para o Covid19. A dor é inexplicável o desespero é maior ainda. Mas queriamos deixar aqui nossos agradecimentos a algumas pessoas, entre famíliares e muitos amigos, entre conhecidos e desconhecidos, a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Araras, onde nosse pai foi excelentemente bem cuidado pela equipe multidisciplinar, entre enfermeiros, auxiliares, e médicos, agradeçemos os 30 dias que nosso pai ficou ali. Em especial ao Dr André coordenador da UTI, que lutou a todo minuto, e não aceitava perder nosso pai tão novo, e a enfermeira Renata que lutou junto, ao Vitor Leonel Dias que nos ajudou demais, Bruna Barbosa e entre tantos outros funcionários que conhecemos. Acreditamos que era a hora dele, porém pudemos ver de pertinho vocês todos lutarem muito por ele. Os agradecimentos da Família Dias. 🙏🏻😭

Segundo o último balanço epidemiológico, a cidade registra 3.102 casos confirmados da doença provocada pelo vírus. Entre os pacientes que testaram positivo, há 18 internados atualmente – sete deles na UTI e 11 na enfermaria covid, somando dados da Santa Casa de Misericórdia e do Hospital Unimed. Há ainda outras quatro pessoas internadas aguardando resultado de exame para diagnóstico do caso. O novo coronavírus tem transmissão comunitária no município desde abril, ou seja, não é mais possível determinar como aconteceu o contágio dos pacientes.