Covid-19: público-alvo de 40+ com comorbidades será vacinado na segunda-feira (31), em Araras, SP

Documentos pessoais, comprovante de residência e atestado vacinação contra a Covid-19 são necessários para vacinação; aplicações serão no Parque Ecológico das 8h às 16h.

A Secretaria Municipal da Saúde de Araras (SP), informa que o público-alvo de 40+ (a partir dos 40 anos de idade) com comorbidades será vacinado contra a Covid-19 (Sars-CoV-2) nesta segunda-feira (31), das 8h às 16h, no Parque Ecológico.

Para a vacinação são necessários: RG (carteira de identidade), CPF e o atestado de vacinação contra a Covid-19, devidamente preenchido, assinado e com o carimbo do CRM (Conselho Regional de Medicina) do médico responsável.

“Pedimos para o pessoal se cadastrar previamente no site vacinaja.sp.gov.br para agilizar a vacinação no local”, comentou a diretora de Vigilância em Saúde, Margareth Pagotti. (Clique aque baixe o atestado de vacinação contra a Covid-19).

 

Vacinação contra a Influenza (gripe)

 Além da vacinação contra a Covid-19, a Secretaria informa que está imunizando idosos acima dos 60 de idade, profissionais da Saúde e Educação, além de pessoas com comorbidades contra a Influenza (gripe), no Parque Ecológico. As aplicações contra a gripe estão disponíveis de segunda a sexta, das 8h às 16h.

Os documentos necessários são RG (carteira de identidade), CPF e comprovante de residência. Nos casos das comorbidades, um documento que comprove a doença pré-existente.

 

Vacina Solidária

Com o objetivo de arrecadar alimentos para os que mais precisam. A iniciativa Vacina Solidária segue no Parque Ecológico, durante a vacinação contra a Covid-19.

Com o apoio de clubes de serviços da cidade, a distribuição dos alimentos fica a cargo do Fuss (Fundo Social de Solidariedade), informações pelo telefone 3543-1702.

É importante ressaltar que as doações para a Vacina Solidária não são obrigatórias e não estão associadas à campanha de vacinação contra o novo coronavírus.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT