Covid-19: Saúde disponibiliza mais 500 testes para pessoas sem sintomas neste sábado em Araras, SP

Senhas começam a ser distribuídas às 7h junto à carreta itinerante, que está no Parque Ecológico; exames serão realizados em horários agendados, no mesmo dia e local.

A Secretaria Municipal de Saúde de Araras (SP) disponibilizará mais 500 testes para pessoas sem sintomas suspeitos de covid-19 neste sábado (10), na carreta itinerante que está no Parque Ecológico e Cultural Gilberto Rüegger Ometto.

As senhas começam a ser distribuídas às 7h no local e os exames serão realizados das 8h às 16h do mesmo dia, seguindo horários agendados e informados nas próprias senhas, na carreta. Os interessados devem levar documento com foto, comprovante de endereço e o cartão SUS.

clique na imagem e saiba mais

A ação faz parte da estratégia adotada pela administração municipal para avaliar a evolução da doença e também indicadores epidemiológicos na cidade. A testagem em massa é destinada principalmente a pessoas que apresentam sintomas suspeitos, como febre e problemas respiratórios, e passam por atendimento médico na tenda sentinela da Santa Casa e na UPA 24h – familiares e pessoas que tiveram contato próximo com pessoas que testaram positivo também fazem o exame.

Mas a Secretaria da Saúde também programou ações específicas para testagem de assintomáticos, como a deste sábado e também a realizada ao longo desta semana, que disponibiliza 70 exames por dia para esse público.

De acordo com a Secretaria, a carreta itinerante já realizou mais de 8 mil testes em Araras desde o último dia 8 de setembro, quando iniciou as atividades no município – deste total, mais de 1,6 mil foram feitos em ações voltadas a assintomáticos. O serviço foi contratado pela Prefeitura de Araras, por meio de licitação. A partir do dia 13, a carreta segue para a região sul da cidade e ficará no estacionamento da Polícia Militar, na Vila Dona Rosa Zurita.

Como são os testes na carreta

Realizados a partir de uma amostra de sangue, os testes avaliam a presença de anticorpos IgM/IgG e, com isso, também se a pessoa está em fase de transmissão da doença ou não.

Com a ampliação da testagem, o número de confirmações da doença na cidade tende a aumentar também, o que não significa necessariamente piora nos índices e sim redução na subnotificação dos casos. A testagem em massa vai ser importante também para traçar estatísticas mais detalhadas e específicas sobre a doença na cidade.

O objetivo da Secretaria Municipal de Saúde é realizar, a princípio, 15 mil testes, o que representa mais de 10% da população total da cidade. O número, no entanto, pode ser ampliado conforme a necessidade da rede municipal.

A ação visa também traçar o perfil epidemiológico da doença, o que servirá para avaliar o trabalho já realizado e direcionar novas ações para o combate ao novo coronavírus (Sars-CoV-2).