Criminosos abandonam carro durante furto de cabos de telefonia em Araras, SP

Os GCMs fizeram buscas pelas imediações, porém, os criminosos não foram encontrados.

Na madrugada deste sábado (5), a Guarda Civil Municipal de Araras (SP), foi acionada para atendimento de um furto de cabos de telefonia que estava sendo praticado por três indivíduos pela Rodovia Wilson Finardi (SP-191), região do bairro Caio Prado.

Imediatamente os guardas civis municipais Diego e Rodrigues, foram para o local, onde ao chegarem os indivíduos já haviam se evadido, abandonando um veículo Chevrolet/Corsa, placas de Campinas (SP), com um rolo de cabo no porta-malas.

Os GCMs fizeram buscas pelas imediações, porém, os criminosos não foram encontrados. O veículo foi apreendido e apresentado no plantão da Central de Polícia Judiciária, onde nossa reportagem falou com exclusividade sobre o caso, com o GCM Diego, ouça abaixo:

Investigação

A Polícia Civil está investigando, se a ocorrência de furto dos cabos de telefonia, tem relação com a morte no início da madrugada, conforme o site Repórter Beto Ribeiro noticiou em primeira mão, quando duas pessoas ainda não identificadas, deixaram um rapaz de 27 anos já sem vida na porta do Hospital Municipal UPA 24h (Unidade de Pronto Atendimento) “Elisa Sbrissa Franchozza”, na região Leste de Araras (SP), alegando que ele sofreu um choque elétrico, não sendo informado o local e foram embora.

Mesmo assim, os médicos de plantão ainda fizeram a reanimação cardiorrespiratória, porém, sem êxito. De acordo com o boletim de ocorrência, o rapaz é morador do bairro Narciso Gomes, e estava com machas de queimadura pelo corpo.

O caso foi apresentado pela Guarda Civil Municipal e apresentado no plantão da Central de Polícia Judiciária, onde foi registrado como morte suspeita, e será investigado pelo setor de inteligência da Polícia Civil que deverá apurar as causas da morte, e identificar as duas pessoas que o deixaram no hospital e se evadiram.

É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização do autor. #DigaNãoAFakeNews

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP