Criminosos entram em prédio e furtam mais de R$ 300 mil em joias de moradora no litoral de SP

De acordo com a Polícia Civil, criminosos conseguiram entrar no prédio ao se dizerem amigos de um rapaz que estava hospedado.

Uma idosa de 76 anos teve o apartamento furtado na tarde desta quarta-feira (26), no bairro Tupi, em Praia Grande, no litoral paulista. Conforme apurado pela nossa reportagem, a vítima teve joias, tênis, relógio, videogame e perfume levados pelos bandidos.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima relatou que saiu de seu apartamento por volta das 13h e trancou a porta. Quando voltou, verificou que a porta havia sido aberta, e encontrou o local todo revirado. Alguns objetos que estavam em seu quarto foram furtados, incluindo joias que estavam guardadas em três maletas.

O síndico e o porteiro foram comunicados, e o porteiro relatou que autorizou a entrada de dois homens que se identificaram como amigos de um rapaz que estava hospedado em outro apartamento. O filho da vítima, que prefere não se identificar, relatou que, só em joias, foram furtados mais de R$ 300 mil.

“Ela saiu com a minha filha, foi passear, e voltou às 18h. No prédio, tinha dois rapazes no apartamento de baixo, que estavam hospedados desde o dia 24, e iriam embora ontem [quarta]. Umas 14h, chegaram outros dois rapazes que falaram que eram amigos de um desses hóspedes, e subiram. Não sabemos se o que essa dupla falou era verdade ou não, se realmente conheciam aquele hóspede. Mas, foi cerca de meia hora para furtarem, bagunçarem e quebrarem tudo”, conta o filho.

O caso foi registrado como furto qualificado no 1º DP de Praia Grande (Vila Tupi). Segundo a Polícia Civil, imagens são analisadas, e a delegacia apura os fatos.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT