Crise econômica já provocou a falência de 20 mil comércios em SP

Só na cidade de São Paulo, o comércio perdeu cerca de R$ 17 bilhões entre março e 9 de junho. Isso significa que o prejuízo foi de R$ 220 milhões ao dia.

Por conta da crise causada pela pandemia de Covid-19, cerca de 20 mil lojas já fecharam as portas na capital paulista. O número representa 10% dos estabelecimentos comerciais na cidade. A estimativa é do economista Marcel Solimeo, da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) estima que apenas na capital, o comércio perdeu quase R$ 17 bilhões entre março e o dia 9 de junho. Isso significa que o prejuízo foi de R$ 220 milhões ao dia.

Apesar da abertura parcial do comércio no dia 10 de junho, é possível que mais lojas continuem fechando. As lojas mais prejudicadas foram as do ramo de vestuário e calçados, já que a população está cortando gastos e investindo apenas em produtos essenciais, como alimentação e farmácia. 

clique na imagem e saiba mais

A crise também causou a demissão em massa: somente na capital, 70 mil trabalhadores perderam os seus empregos. Além disso, 300 mil estão com jornadas e salários reduzidos, 30 mil tiveram seus contratos de trabalho suspensos e 50 mil estão trabalhando em home office. 

Fonte: Agora São Paulo