Curso de Patologia está entre os cinco cursos mais populares da área da saúde em 2021

Não se pode falar saúde, sem citarmos a pandemia do novo coronavírus.

A doença que pegou o mundo de surpresa e alterou drasticamente nosso modo de viver, provocou também um aumento na demanda e na valorização de determinadas profissões, sobretudo, aquelas ligadas às áreas de saúde e cuidados. Com isso, aquecidos pela as recentes discussões acerca do SUS e pelo reconhecimento da ciência brasileira, tem aumentado o interesse e a procura por cursos e graduações na área.

Entre eles, destaca-se o curso de patologia que vem conquistando alunos da área médica. Diante dos avanços da doença, muitos alunos da área da saúde e profissionais em atuação, voltaram seus interesses para esta área da biomedicina, essencial realização de diagnósticos assertivos e identificação ágil no avanço de doenças. O estudante do curso de patologia aprende ao longo de seu curso técnicas e métodos de análises e investigação, que possibilitam a compreensão sobre alterações estruturais, funcionais e bioquímicas nas células, tecidos e órgãos, provocadas por doenças e eventos nocivos.

O profissional desta área encontra, hoje, mercado de trabalho com vastas oportunidades, com possibilidades de atuar desde órgãos públicos a empresas privadas, em estabelecimentos, como:

  • Laboratórios de análises e pesquisas clínicas
  • Hospitais e Clínicas de saúde
  • Instituições de ensino
  • Indústria de cosméticos, alimentícia e farmacêutica

 

Por estar preparado para diagnosticar diferentes tipos de doença, assim como, a evolução de sintomas e agravamento de quadro clínicos, o profissional dessa área tendo sido cada vez mais requisitado desde o início da pandemia de Covid-19, que evidenciou a importância deste profissional para a área médica.

Veja outros cursos da área da saúde que estão em alta este ano:

Medicina intensivista

Uma área, relativamente, nova dentro da medicina tem ganhado popularidades nos últimos anos e chamado a atenção de diversos estudantes. Voltada para o atendimento e cuidados especializados de doentes em estado crítico, a medicina intensivista faz uso de técnicas e tecnologias para oferecer suporte e prolongar a vida de pacientes hospitalizados em Unidades de Terapia Intensiva – UTI. O setor, que conta com mercado de trabalho em crescimento, oferece oportunidades para alunos interessados em especializar-se nas novas tecnologias disponíveis para área da saúde, mas também que desejam aprofundar suas técnicas e conhecimentos em cuidados intensivos.

Enfermagem

Com duração média de quatro anos, os profissionais de enfermagem ganharam a atenção durante o ano de 2020, por seu trabalho árduo e dedicação nas linhas de frente de combate da pandemia do coronavírus. Para quem deseja seguir a profissão, pode optar por ingressar em uma graduação ou, ainda, se capacitar em curso técnico, com duração média de dois anos, que prepara o aluno para prestar assistência humanizada, de forma ética e cuidadosa, a pacientes e familiares.

Psicologia

Os cuidados com a saúde mental nunca estiveram tão em alta quanto nos últimos dois anos, o setor que cresceu 34% em comparação com 2020, Além disso, a pandemia e os longos períodos de isolamentos, agradavam casos de depressão, transtornos de ansiedade e estresse, tornando esse profissional essencial para o enfrentamento da pandemia. A graduação, com duração média de cinco anos, prepara o estudante para prestar apoio e atendimento em questões relacionadas à saúde mental e melhorias na qualidade de vida.

Farmácia

Com crescimento na demanda por pesquisas e desenvolvimento de novos medicamentos e de vacinas que combatam o novo coronavírus, expandiu o mercado e as oportunidades de trabalho para profissionais da área e tem atraído a atenção de muitos estudantes brasileiros. Com isso, a concorrência nos cursos de farmácia têm crescido gradualmente, exigindo maior dedicação dos estudantes interessados na área.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT