Defesa de suspeito de atacar Porta dos Fundos diz que cliente quer voltar ao Brasil

Advogados de defesa de Eduardo Fauzi, que está na Rússia, convocaram coletiva de imprensa, no Rio, para afirmar que o homem tem passagem de volta para o Brasil.

Ela estaria marcada para o próximo dia 29. Mas que Fauzi só retorna se conseguir uma liminar de habeas corpus, para que ele não corra risco de ser preso. Caso o acusado tenha pedido de prisão preventiva decretado, a defesa admite pedir asilo político em outro país.

Os advogados ainda dizem que Fauzi estava na cena do ataque ao Porta dos Fundos, mas que não foi o responsável por atacar o prédio da produtora com coquetel molotov.

clique na imagem e saiba mais