Deise e Jacovetti fiscalizam obras de duplicação da Avenida Carola, na região leste de Araras, SP

PUBLICIDADE

A grande preocupação é com o meio ambiente. No local uma quantidade de árvores que estão sendo derrubadas 

Quem passa pela avenida Augusta Viola da Costa, logo depois da rotatória, próximo ao União São João, na região leste, se assusta com a quantidade de árvores que estão sendo derrubadas para a duplicação da Avenida Corola.

Diante de várias questionamentos de munícipes, o vereador Carlos Alberto Jacovetti (Rede) e a vereadora Deise Olimpio (PSC), visitaram as obras no local, no trecho compreendido entre a Avenida Augusta Viola da Costa e a Avenida Orpheu Manentti, na última quinta-feira (06). O objetivo foi fiscalizar as obras, principalmente, no que se refere ao meio ambiente.

Na visita, os vereadores andaram por toda extensão das obras, para a verificação de possíveis irregularidades, quanto à derrubada das árvores e possíveis danos a alguma nascente de rio, pois, ambos foram acionados por diversos munícipes que relataram suas preocupações, mediante ao avanço dos trabalhos.

Os vereadores foram em busca, e obtiveram os laudos que autorizaram a supressão vegetal de espécie invasora (nome binominal leucina ou nome científico Leucaena Leucocephala), na área supramencionada, e constataram que as obras estão seguindo as devidas especificações do ponto de vista legal.

PUBLICIDADE

Durante o percurso, os vereadores encontraram um volume de água considerável em uma determinada área verde, com fortes indícios de uma possível nascente de águas. “Uma nascente, nada mais é que o aparecimento, na superfície do terreno, de um lençol subterrâneo, dando origem a cursos d’água. As nascentes são fontes de água que surgem em determinados locais da superfície do solo e são facilmente encontradas no meio rural”. – explica a vereadora Deise.
Os vereadores acionaram o presidente do SAEMA (Serviço de Água e Esgoto do Município de Araras), Rubens Franco Júnior, solicitando que fosse providenciada uma coleta de amostra da água encontrada no local, para a realização de testes para a comprovação de se tratar de uma nascente ou não.

O presidente do Saema atendeu a solicitação dos vereadores, e enviou funcionários da autarquia para a coleta de amostras da água, para a realização dos testes comprobatórios. O Saema também realizará algumas verificações de solo para identificar possíveis vazamentos em tubulações próximas ao local.

“Segundo a autarquia, a conclusão dos testes, com as amostras das águas coletadas, serão finalizados na próxima semana, e, consequentemente, os laudos conclusivos serão enviados para analisarmos”, destaca o vereador Jacovetti.

Se o laudo concluir que se trata de uma nascente de águas, os vereadores tomarão todas as providências necessárias, para que seja preservada a nascente.

Da Redação com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE
CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP