Dengue faz UPA bater recorde de atendimentos em abril, com média de 394 por dia em Araras, SP

Passaram pela unidade de saúde 11.840 pacientes no mês, mais de 50% do que no 1º bimestre.

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Elisa Sbrissa Franchozza, em Araras (SP), bateu recorde de atendimento em abril, com 11.840 pacientes, o que corresponde a uma média de 394 por dia.

Segundo a prefeitura, esse aumento foi causado pelo surto de dengue que passa a cidade. De acordo com o último boletim, divulgado na segunda-feira (2), Araras acumula 1.491 casos e uma morte.

A doença fez com que a média mensal de atendimentos na única UPA da cidade saltasse de 7 mil a 8 mil para mais de 11 mil em março e abril. O aumento de mais de 50% da demanda em relação ao 1º bimestre se dá, principalmente, porque o paciente com dengue precisa retornar várias vezes ao atendimento médico para fazer hidratação, o que acaba sobrecarregando o sistema de saúde.

Nos quatro primeiros meses do ano, a UPA de Araras realizou 38.275 atendimentos, 26.351 foram destinados a adultos e 10.858 a pediatria. O secretário municipal de Saúde, Alex Zaniboni, afirmou que o quadro de funcionários tem sido reforçado para atender o aumento da demanda. “Nós trabalhávamos com a média de quatro médicos e hoje estamos com sete médicos para suprir essa demanda causada pelo surto de dengue”, afirmou.

Combate à dengue

A cidade vive o pior surto de dengue dos últimos sete anos. A pior situação é na zona leste da cidade, onde se concentram 23,2% das infecções

A prefeitura diz que tem combatido os focos de dengue com três equipes voltadas a pulverização, busca ativa e visita casa a casa e que vai iniciar arrastões em vários pontos para diminuir a contaminação.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP