Descubra as melhores posições para grávida dormir

A gravidez é um período mágico. Apesar de todos os obstáculos que aparecem, a mulher encara tudo isso com bastante satisfação.

A barriga está crescendo e você não consegue mais encontrar um jeito confortável para descansar à noite? Aquela história que você provavelmente já ouviu sobre as melhores posições para grávida dormir não é mito ou “receitinha de avó”. Realmente, há maneiras que ajudarão você a ter um sono mais tranquilo e relaxante nestes 9 meses de gestação.

A gravidez é um período mágico. Apesar de todos os obstáculos que aparecem, a mulher encara tudo isso com bastante satisfação. A partir do quarto mês, as mudanças no corpo são bem mais efetivas e é, justamente, quando os problemas para dormir começam.

clique na imagem e saiba mais

Você não consegue mais dormir de bruços porque sente bastante pressão na barriga e acorda com azia. O peso e a posição do bebê também passam a influenciar o lado que você dorme. E vem desconforto por cima de desconforto. Atire a primeira pedra a mamãe – principalmente de primeira viagem – que nunca perdeu uma noite de sono por conta desses incômodos!

Se você chegou até aqui é porque provavelmente quer uma saída! Não prometemos uma solução para o problema, pois essa é uma questão bastante particular. Contudo, mostraremos sim como dormir na gravidez sem tanto incômodo..

Falaremos ainda sobre algumas informações que geram muitas dúvidas para as grávidas. Por exemplo, há diversas pesquisas afirmando que dormir do lado esquerdo é mais seguro para a saúde do seu bebê. Será que é verdade? Vamos descobrir no post!

Melhores posições para grávida dormir

De bruços, de lado ou de barriga para cima? Nós analisamos cada uma dessas três melhores posições para grávida dormir para ajudar você a decidir.

Dormindo de bruços

Dormir de bruços nos primeiros meses não é contraindicado e não oferece grandes riscos para o bebê. Inclusive, você consegue manter-se dessa maneira até o quinto mês de gestação sem nenhum problema. Contudo, é importante conversar com o seu obstetra para saber se o seu caso em especial permite essa posição. Mulheres com gravidez mais delicadas e sobrepeso devem evitar essa posição já no início da gestação.

No primeiro mês pode ser que seja um pouco desconfortável dormir de barriga para baixo. Esse desconforto também retorna no final do quarto mês. A razão é a sensibilidade nos seios, que chega a incomodar bastante todas as grávidas.

Dormindo de lado

Deitar de lado, é uma das melhores posições para grávida dormir e foi, inclusive, motivo de pesquisa. Um estudo publicado na revista científica The Journal of Physiology e idealizado pela Universidade de Auckland, na Nova Zelândia, mostra que deitar do lado esquerdo é a melhor posição para dormir na gravidez.

Ao deitar o corpo do lado esquerdo, a grávida não comprime a Veia Cava Inferior, responsável por levar o sangue até o coração. Isso permite, consequentemente, uma quantidade de sangue oxigenado suficiente para a mãe e para o bebê. O sangue flui melhor pelo cordão umbilical e, com isso, os riscos de complicações diminuem, de fato.

Dormindo de barriga para cima

A partir do quarto mês, essa é uma posição não muito bem vista por obstetras. O estudo que apontamos no tópico anterior mostra que grávidas, quando dormem de barriga pra cima, aumentam o risco de morte do bebê.

Essa posição também comprime bastante a Veia Cava Inferior, não permitindo que o sangue circule completamente, levando o oxigênio necessário para a mãe e para o bebê. A sensação de mal-estar e falta de ar é bem comum nesta posição.

Por outro lado, há grávidas que preferem se manter assim, pois conseguem dormir sem interromper constantemente o sono. A nossa dica é: utilize travesseiros mais altos, que permitem que seu corpo fique mais inclinado. O risco de ter problemas de oxigenação é bem menor dessa maneira.

Dormir na rede

Dormir de rede pode ser uma ótima saída para as grávidas que não conseguem encontrar uma posição confortável durante a noite. A rede beneficia a posição da mamãe, que fica com a cabeça mais suspensa, diminuindo os riscos de azia pela manhã.

Atente-se apenas para o tamanho da rede. Prefira as mais largas, que permitem uma boa movimentação durante a noite. Para ter ainda mais conforto, tenha um travesseiro para colocar embaixo da barriga e deixá-la totalmente apoiada e outro para suspender mais as pernas e evitar o inchaço comum.

Você pode perceber que as melhores posições para grávida dormir dependem muito do seu acompanhamento médico. Então desde o início do pré-natal, converse com ele sobre essa questão para evitar desconfortos. Quanto mais cedo você adaptar a forma como dorme na gravidez, mais facilidade terá de ter boas noites de sono quando a barriga estiver maior.

É possível machucar o bebê enquanto dorme?

Há um mito que a mulher pode machucar o bebê enquanto dorme. Isso não é possível, se considerarmos apenas a posição. A sua barriga tem a proteção ideal para que você se movimente à vontade durante a noite e sem preocupação.

O que pode acontecer é o bebê se sentir mais acomodado de um jeito do que de outro. Nos meses mais avançados da gravidez, você perceberá que ele chutará bastante quando a posição estiver incômoda. Basta observar esses sinais e descobrir como dormir melhor.

Contudo, a posição para gestante dormir pode machucar o bebê se você sofrer acidentes, como cair da cama, por exemplo.

Melhores posições para grávida dormir: almofadas e outros truques

As melhores posições para grávida dormir também dependem de alguns truques que você pode aprender nestes 9 meses. Como o corpo muda gradualmente, praticamente todo mês é preciso descobrir uma nova forma de ter um bom sono. Tudo é adaptação.

E para melhorar essa adaptação, reduzindo os riscos de cãibras, azia, apneia, etc. há alguns truques que listamos mais abaixo:

Eleve as pernas antes de dormir

O inchaço dos pés e das pernas é também uma grande queixa das grávidas. Isso incomoda bastante na hora de deitar e causa cãibras frequentemente. Uma maneira de eliminar o problema é deitar-se e deixar as pernas elevadas pelo menos 1 hora antes de se acomodar e dormir. Você pode também, sempre que tiver uma oportunidade durante o dia, deixar as pernas levantadas para reduzir mais o inchaço.

Hoje também é possível encontrar travesseiros para pernas, permitindo que elas fiquem mais elevadas durante a noite. Caso você opte por dormir de barriga para cima, essa é uma boa opção para ter noites mais tranquilas e sem cãibras.

Tenha muitos travesseiros

A gestante pode trazer o máximo de travesseiros e almofadas que quiser para sua cama, principalmente a partir do quinto mês. Eles ajudam a acomodar melhor a barriga e fazem com que a mulher durma bem mais confortável. Existem ainda, modelos de travesseiros próprios para grávidas, como é o caso dos “Minhocões” ou body pillow. Ter pelo menos um faz toda diferença para uma noite de sono mais tranquilo.

Evite travesseiros muito moles

Travesseiros fofinhos, mas muito moles podem incomodar também e não gerar sustentabilidade na barriga durante a noite. Prefira os modelos mais cheios, com espuma mais dura e que não “amassem” ao deitar. Travesseiros do tipo “Nasa” são os ideais, pois se moldam de acordo com o seu corpo e não causam desconfortos.

Coloque um travesseiro entre as pernas

Esta é uma dica válida até mesmo para quem não está grávida. Colocar um travesseiro entre as pernas ajuda na circulação do sangue, evitando cãibras e desconfortos durante a noite. Na gravidez essa necessidade se intensifica justamente devido os formigamentos e dormências constantes.

Evite sonecas longas durante o dia

A realidade é: quanto mais sono você conseguir guardar para a sua noite, mais chances terá de não acordar com tanta facilidade. Assim, ao trocar de posição, por exemplo, a mamãe não desperta e leva muitos minutos para adormecer novamente. Sabemos que em alguns períodos, a vontade de dormir é bastante intensa. Portanto, você está liberada para sonequinhas de no máximo 60 minutos.

Preocupe-se com o seu colchão

Nos primeiros meses você perceberá que isso não terá grande importância, mas já da metade para o final da gravidez, as dores serão mais intensas e bem desconfortáveis. Colchões mais moles podem não trazer uma boa sustentação para a coluna e para a barriga. Caso não queira investir um colchão novo apenas neste período, você pode comprar um pillow top com base mais firme e adaptar na sua cama.

Existem também outras maneiras de ter uma boa noite durante os 9 meses de gestação. São mudanças que não dependem da posição para dormir, mas que ajudam a ter um sono mais tranquilo e relaxante. Por exemplo: Evite consumir muito líquido antes de deitar. Isso evita que você acorde muitas vezes para ir ao banheiro; Alimente-se no máximo 2 horas antes de dormir para que a digestão seja completa; Evite consumir alimentos com cafeína depois das 18 horas; Tenha um ambiente confortável. Observe se a ventilação e a iluminação promovem uma bom descanso; Evite aparelhos celulares e outros eletrônicos. Eles promovem a insônia.

(Com informações do blog Saúde da Mulher )