Discussão sobre instalação de lixeira termina com duas mortes e feridos em Artur Nogueira, SP

Crime ocorreu na manhã deste domingo (28), em área rural da cidade. Confusão ocorreu após discussão sobre local de instalação do equipamento, segundo relatos de testemunhas.

Uma discussão sobre a instalação de uma lixeira terminou com duas mortes e dois feridos em Artur Nogueira (SP), na manhã deste domingo (28), segundo relato da Guarda à Polícia Civil. O caso ocorreu na frente de uma propriedade localizada em vicinal da Rodovia dos Agricultores, zona rural.

De acordo com testemunhas, o dono do imóvel é de Sumaré (SP) e contratou uma equipe de serralheiros para instalar um portão na área. Por causa desse trabalho, eles teriam feito a remoção de uma lixeira externa e reinstalaram o equipamento a cerca de 50 metros.

Um morador da região, que discordou da mudança, teria ido ao local com um funcionário até a frente do imóvel, onde começaram as divergências. Segundo testemunhas, durante a confusão este morador foi até uma caminhonete, pegou uma arma e fez disparos para o alto e contra o grupo. “Já chegou atirando. Não tinha como correr. Se corresse, ele ia matar todo mundo.”, disse um dos serralheiros, Anderson Bezerra.

O funcionário dele, que estava com um facão, foi atingido e teve a morte confirmada no Hospital Samaritano, na cidade. Além disso, a nora de um dos serralheiros ficou ferida após ser atingida no braço.

Na sequência, um dos serralheiros, também com facão, tentou defender o grupo e desferiu um golpe que feriu o morador armado com uma pistola, mas em seguida ele também foi baleado e morreu. As duas vítimas são Damião Berengel e Rodrigo Carvalho. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Americana.

A mulher ferida e o atirador foram inicialmente levados também para o Hospital Samaritano. O suspeito, que teve o braço ferido, está sob custódia, segundo a Polícia Civil, e foi transferido para o Hospital de Clínicas da Unicamp, em Campinas (SP). Não há detalhes sobre o estado de saúde deles.

O caso foi registrado na delegacia de Artur Nogueira. No local foram apresentados pela Guarda Civil Municipal facões, arma e munições apreendidos durante a ocorrência.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT