DISE apreende carga de drogas avaliada em mais R$ 7 milhões em Santa Maria da Serra, SP

No interior do veículo haviam dois cavalos e após minuciosa busca no veículo, logrou-se identificar um fundo falso no compartimento de carga viva do caminhão, onde foram localizados 171 tijolos de pasta base de cocaína.

Investigadores da 2ª DISE – Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes, da cidade de Piracicaba (SP), apreenderam na noite de terça-feira (16) um caminhão com 171 tijolos de pasta base de cocaína pela rodovia Geraldo de Barros, altura do km 223, na cidade de Santa Maria da Serra (SP).

De acordo com o boletim de ocorrência a equipe da DISE vinha há meses investigando traficantes que atuam na cidade de São Pedro (SP), onde as investigações se estenderam para as cidades vizinhas. Por conta da investigação realizada neste período, identificou-se um veículo para transporte de animais de grande porte, o qual seria utilizado para transporte de drogas as quais abasteceriam toda a região de Piracicaba, São Pedro, Santa Maria da Serra, Limeira, Americana e Rio Claro.

Após constatarem que o referido veículo estaria rumando para a mencionada região as equipes se posicionaram em pontos estratégicos da Rodovia Geraldo de Barros, que liga as cidades de Santa Maria da Serra a São Pedro, onde equipes descaracterizadas obtiveram êxito em localizar o veículo alvo trafegando na cidade de Santa Maria da Serra, sendo então montado um cerco e o veículo interceptado.

Realizada a abordagem constatou-se que no interior do veículo haviam dois cavalos e após minuciosa busca no veículo, logrou-se identificar um fundo falso no compartimento de carga viva do caminhão, onde foram localizados 171 tijolos de pasta base de cocaína que pesaram 174,7 kg da droga – com valor comercial estimado em aproximadamente R$ 7.500.000,00 (sete milhões e meio de reais).

Diante das circunstâncias, foi dada voz de prisão em flagrante delito ao indivíduo de 40 anos, o qual foi conduzido até da sede da 2ª DISE –DEIC, sendo lavrado auto de prisão em flagrante pela Autoridade Policial competente, ficando o indivíduo a disposição da Justiça. Confira abaixo o vídeo da localização dos entorpecentes em um fundo falso.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT