Dólar tem a maior queda desde junho de 2018 e vai a R$ 5,20

Dólar tem a maior queda desde junho de 2018 e vai a R$ 5,20

O dólar teve um dia de forte queda, ajudado pelo cenário externo mais positivo, diante da retomada das economias e certo alívio na política doméstica.

Com profissionais das mesas de câmbio relatando que a busca pelo presidente Jair Bolsonaro de alianças no Congresso traz otimismo sobre sua governabilidade e chance de aprovar reformas.

Nesse ambiente, o real teve o melhor desempenho nesta terça-feira (2) ante o dólar no mercado internacional. No mercado à vista, a moeda fechou com queda de 3,34%, a maior desde 8 de junho de 2018, e terminou a sessão cotada em R$ 5,2086, o patamar mais baixo desde 14 de abril.

clique na imagem e saiba mais

No mercado futuro, o dólar para julho era negociado em baixa de 3%, a R$ 5,2130, às 17h, em dia marcado por maior volume de negócios.