Dono de madeireira é autuado por dificultar a ação do Poder Público no exercício de atividades de fiscalização ambiental em Brotas, SP

Foi dado prazo de 15 dias para que o proprietário pudesse organizar seu pátio madeireiro, porém, o prazo venceu, e por ele não ter organizado nada ainda.

Nesta sexta-feira (11), os policiais militares cabo João, cabo Mattos e cabo Denilson, estiveram realizando novamente uma fiscalização em uma madeireira em Brotas (SP), pois na primeira realizada no dia 18/05/2021, a empresa estava desorganizada sendo inviável a fiscalização naquele momento.

Foi dado prazo de 15 dias para que o proprietário pudesse organizar seu pátio madeireiro, porém, o prazo venceu, e por ele não ter organizado nada ainda, foi elaborado auto de infração por obstar ou dificultar a ação do Poder Público no exercício de atividades de fiscalização ambiental, sendo elaborado uma multa simples no valor de R$ 500,00 reais, com multa diária a partir desta data até sanar a irregularidade.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT