Doria promete acabar com a obrigatoriedade do uso de máscaras nos próximos dias

Governador afirma que tomará a medida antes de deixar o comando do Palácio dos Bandeirantes.

O governador do Estado de São PauloJoão Doria (PSDB), afirmou em discurso realizado nesta sexta-feira (11), que pretende acabar com a obrigatoriedade do uso de máscaras contra a Covid-19 nos próximos 11 dias.

Em Catanduva, cidade localizada a 385 quilômetros da capital paulista, o tucano alegou que, “se tudo continuar ocorrendo bem e seguindo os protocolos da ciência, do nosso comitê científico”, o que engloba a continuidade na “internações e do uso de leito de UTI, queda de óbitos e aumento da vacinação em crianças e adultos”. O político confirmou que “já a partir de quarta-feira da outra semana [23 de março], nós não teremos mais que usar máscaras.”

O ato ocorrerá antes de Doria deixar o cargo de governador do Estado para se dedicar à campanha para sua eleição ao Palácio do Planalto. Com isso, Rodrigo Garcia (PSDB), seu vice, assumirá o comando dos Bandeirantes.

Na última quarta-feira, 09, o uso de máscaras deixou de ser obrigatório em espaços abertos como praças, parques, ruas e pátios de escolas. Em locais fechado, porém, a obrigatoriedade ainda encontra-se válida.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP