𝐂𝐎𝐕𝐈𝐃-𝟏𝟗: Dr. Agnaldo Piscopo acredita que as piores semanas já tenham passado em Araras, SP

A testagem em massa ajudará a entender melhor o mapa epidemiológico do município.

O médico Dr. Agnaldo Piscopo, diretor do Pronto Socorro da Santa Casa de Araras (SP), em entrevista ao radialista Marcelo Franchozza, declarou acreditar que as piores semanas de contaminação do novo coronavírus (Covid-19) já se passaram no município, e o pico ocorreu na 28° semana da quarentena.

Ele estima que haja cerca de 15 a 20 mil pessoas positivadas na cidade, e assim, já tenha ocorrido a imunização em rebanho, como aconteceu na grande São Paulo. A partir disso, a tendência é de que haja uma leve inclinação da curva de contágio para baixo.

clique na imagem e saiba mais

Com a testagem em massa com critérios geográficos que se iniciará em breve, será possível identificar com mais precisão e elaborar o mapa epidemiológico do município, mas, relatou já ser perceptível a diminuição de procura às tendas, o quadro dos pacientes internados mais abrandado, e também a diminuição da necessidade de intubações e tomografias.