Dr. Brambilla lamenta morte do deputado federal Luiz Lauro Filho em Campinas, SP

Parlamentar sofreu infarto na madrugada, segundo os familiares.

O médico e ex-prefeito de Araras (SP), Dr. Nelson Dimas Brambilla, lamentou a morte do deputado federal Luiz Lauro Filho nesta segunda-feira (18). Ele passou mal durante esta madrugada e morreu após um infarto, segundo os familiares. .

“É com muita tristeza que recebi a notícia do falecimento na data de hoje do meu amigo e Deputado Federal Luiz Lauro Filho. Faleceu aos 41 anos, vítima de um infarto. Luiz Lauro era um grande parlamentar, um jovem brilhante e que muito ajudou o nosso país, a nossa cidade e região. Nos últimos anos, caminhamos juntos pelo desenvolvimento de Araras, de São Paulo e do Brasil. Estou muito triste com a sua partida, tão precoce. Meus sentimentos a toda família e amigos. Que Deus conforte o coração de todos nesse momento. Dr. Brambilla e família”, escreveu.

O velório do parlamentar foi reservado à família e o sepultamento realizado nesta segunda-feira no Cemitério Flamboyant Campinas (SP).

clique na imagem e saiba mais

Formação e carreira

Luiz Lauro Filho nasceu em Campinas em 10 de junho de 1978. Filho do radialista, ex-vereador e ex-deputado estadual Luiz Lauro, se formou em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda pela PUC Campinas. Posteriormente fez pós-graduações em Economia e Gestão Pública.

Iniciou na vida política em 2004, quando foi candidato a vereador de Campinas pela primeira vez. A cadeira, no entanto, só veio anos depois, quando assumiu como suplente entre 2011-2012. Na sequência, foi eleito diretamente e seguiu no cargo até 2014, quando se elegeu deputado federal para seu primeiro mandato, na gestão 2015-2018.

No pleito seguinte, foi o quinto mais votado do estado pelo PSB na eleição de 2018 e ficou com o cargo de primeiro suplente da coligação na Câmara. No dia 6 de dezembro, ele foi expulso do partido. Logo depois, no dia 10 do mesmo mês, filiou-se ao PSDB.

Luiz Lauro Filho assumiu uma cadeira na Câmara dos Deputados em 17 dezembro do ano passado. Ele era suplente e tomou posse após a licença de Jefferson Campos (PSD). Em 1º de abril de 2020, foi efetivado no cargo após a morte de Luiz Flávio Gomes (PSB-SP).

O deputado deixa a esposa, Larissa Prado Carvalho, e dois filhos, de 5 e 3 anos de idade. “O legado que ele deixa de amor, com missões maravilhosas pelo ser humano, esse é o legado que ele deixa”, diz o pai, Luiz Lauro.