Em 3 meses, nº de homicídios ultrapassa a metade dos ocorridos no ano passado em Rio Claro, SP

Município teve sete assassinatos no primeiro trimestre de 2020. Todos foram solucionados pela polícia

Nos primeiros 80 dias de 2020, o número de homicídios em Rio Claro (SP) ultrapassa os ocorridos em 2019. Desde o início do ano foram registrados 7 assassinatos contra 13 em todo o ano passado.

O número, porém, é próximo ao que foi registrado no primeiro trimestre de 2019, quando 6 pessoas foram mortas no município.

Casos:

  • 1/1 – Homem de 43 anos morto na zona rural
  • 9/1 – Homem de 37 anos assassinado a tiros no Jardim das Flores.
  • 23/1 – Morador de rua de 48 anos foi morto a facadas no Centro. Motivo teria sido uma dívida de R$ 20.
  • 12/2 – Homem de 31 anos morreu esfaqueado, no Jardim Panorama. Companheira é suspeita do crime.
  • 21/2 – Homem de 41 anos foi morto e seu cachorro ficou ferido após serem esfaqueados, no bairro Vila Verde.
  • 9/3 – Corpo da empregada doméstica Ana Talita da Silva, de 19 anos, foi encontrado na área rural. Ela estava desaparecida desde o dia 7. Motorista confessou o crime.
  • 16/3 – Motoboy de 39 anos foi morto com várias perfurações no corpo, no Jardim Progresso.

 

clique na imagem e saiba mais

O delegado seccional de Rio Claro, Paulo Nabuco, reconhece que os índices são altos, mas ressalta que todos os casos foram esclarecidos pela Polícia Civil com ajuda da Polícia Militar.

“É preciso salientar que o numero de homicídios do ano passado foi muito abaixo do que vinha ocorrendo nos anos anteriores”, justificou.

Segundo o delegado, homicídio é um crime difícil de previnir. “Pode estar ocorrendo dentro de residências, briga de traficantes”.