Em ação conjunta, polícias Militar e Civil flagram invasão e desmatamento em área de proteção em SP

A ação aconteceu na zona sul da Capital.

As polícias Militar e Civil constataram, nesta quinta-feira (02), invasão e desmatamento em um terreno inserido em área de preservação ambiental situado na Rua Joaquim Napoleão Machado, no bairro Guajaú, na zona sul da Capital. Ao longo da ação foi elaborado auto de infração, com multa valorada em R$ 7,5 mil.

Os trabalhos foram realizados pelo Pelotão Tático Ambiental, do 1º Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb), que constantemente realiza ações para proteger, controlar e recuperar as áreas de interesse público, ambientais e de mananciais, por meio do monitoramento das áreas por imagens de satélite, drones e rondas ostensivas.

Em conjunto com investigadores do 101º Distrito Policial (Jardim das Embúias), os militares foram até o local para checar uma invasão de propriedade alheia e corte de vegetação nativa e constataram tratar-se de uma área de aproximadamente 01 hectare, inserida em Área de Proteção e Recuperação aos Mananciais (APRM).

No local, foi observado ainda o corte de 15 árvores, por meio de machado. Durante as atividades, foram apreendidos dois carrinhos de mão, três pás, uma enxada, duas vangas, um enxadão, uma picareta, dois machados, um ponteiro, duas colheres de pedreiro, uma mangueira de nível, um prumo de linha e uma dobra de ferro.

Os quatro homens que estavam trabalhando na construção de um muro e cortavam a raiz de uma arvore foram detidos e conduzidos à delegacia. A mulher responsável pelos profissionais foi autuada por destruir arvores em propriedade privada alheia, com multa de R$ 7,5 mil.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT