Em denúncia grave, Butantan pode ter vendido a Coronavac ao Brasil com superfaturamento de 100%

O presidente disse que irá encaminhar para o TCU (Tribunal de Contas das União).

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse hoje, em entrevista à Rádio Banda B (PR), que vai pedir investigação sobre o preço da CoronaVac estipulado pelo Instituto Butantan. Bolsonaro alega ter recebido documentos da Sinovac com oferta para comprar por US$ 5 a dose da vacina, enquanto o Butantan vendeu por US$ 10.

A vacina foi desenvolvida em parceria pelas duas empresas, sendo que o instituto brasileiro fabrica e comercializa o imunizante no Brasil. O presidente disse que irá encaminhar para o TCU (Tribunal de Contas das União). Assista abaixo a partir dos 30 minutos da transmissão:

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT