Empresário é preso após ‘tirar sarro’ de guardas municipais e postar nas redes sociais

Depois de ser conduzido à delegacia, o homem gravou um novo vídeo nas redes sociais para pedir desculpas aos guardas municipais.

Um empresário foi preso, na tarde desta quarta-feira (26), após gravar e divulgar um vídeo nas redes sociais em que ‘tira um sarro’ de dois agentes da Guarda Municipal (GM) de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. O episódio aconteceu dentro de um restaurante, enquanto os servidores públicos almoçavam.

“Gente, eu ‘tô’ incrédulo… É incrédulo, amor? Tem uma dupla de policiais aqui no restaurante que eu ‘tô’, que eles devem salvar a humidade… Não é possível, ‘pera’ aí. É uma obesa…”, diz o empresário em um vídeo divulgado em seu perfil do Instagram (assista abaixo).

Ao se referir aos agentes da GM, o homem descreve as aparências físicas deles com tom de deboche. “Estamos salvos! O cara tem 80 anos… Foi ‘mancandinho’ para pegar comida”, completou no vídeo.

Prisão

Em entrevista à imprensa sobre o caso, o secretário de Segurança de São José dos Pinhais e também guarda municipal, Ricardo Kusch, disse que soube do ocorrido através do próprio vídeo divulgado pelo empresário.

“Alguns vídeos colhidos no próprio Instagram do cidadão mostram ele tirando sarro dos guardas municipais simplesmente pela questão do biotipo deles”, afirmou ao destacar que o homem cometeu injúria contra os servidores públicos no exercício da função.

Após entender o caso, Kusch explicou que entrou em contato com as vítimas das ofensas e relatou que ambos confirmaram que haviam almoçado no estabelecimento em questão.

“Eles haviam acabado de sair do restaurante quando entrei em contato. Mostrei o vídeo para ambos, perguntei se eles queriam prestar queixa e eles afirmaram que ficaram tristes porque não entenderam as ofensas gratuitas”, acrescentou o secretário.

Logo depois da representação criminal feita pelos agentes contra o homem, a Guarda Municipal conseguiu prendê-lo na empresa onde trabalha. “O encontramos e foi dada a voz de detenção contra ele. Em seguida, foi encaminhado à delegacia”, contou Ricardo.

Ainda, o secretário classificou a atitude do empresário como “humilhação desnecessária” e que, além de responder criminalmente, ele será responsabilizado também na esfera cível, já que as vítimas acionaram seus advogados para o processarem.

“Amanhã, a Procuradoria-Geral do Município de São José dos Pinhais será consultada, porque ele também ofendeu a instituição Guarda Municipal ao dizer que nossos policiais não seriam capazes de defender a sociedade”, concluiu o Kusch.

O suspeito responderá em liberdade, pois a infração cometida por ele se caracteriza com menor potencial ofensivo. Ele assinou um Termo Circunstanciado na delegacia.

Retratação

Após ser encaminhado à delegacia para explicar as ofensas, o empresário publicou um vídeo na mesma rede social em que divulgou as imagens dos guardas municipais, e se retratou.

“Queria vir aqui oficialmente pedindo desculpas aos oficiais pela brincadeira de mau gosto e a toda corporação da GM. Estou aqui para me retratar e pedir desculpas, e é isso, tá ok? Qualquer coisa estou à disposição da lei… de todos”, disse o homem.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT