Empresário tirou foto com a noiva 5 minutos antes de morrer afogado em represa no interior de SP

João Guilherme Torres Fadini, de 24 anos, foi encontrado morto na segunda-feira (31), na Represa Itupararanga, em Alumínio (SP); ele estava nadando com amigos, quando se afogou.

Um momento de felicidade em comemoração ao noivado foi registrado em uma foto tirada cinco minutos antes do empresário João Guilherme Torres Fadini, de 24 anos, ser encontrado morto na Represa Itupararanga, em Alumínio (SP), na segunda-feira (31).

A noiva de João Guilherme, Larissa Campos, de 25 anos, contou que eles estava com um grupo de amigos para comemorar o pedido de casamento. O noivo pediu para tirar uma foto, deu um beijo na testa dela e disse que ia dar um mergulho. Contudo, não voltou.

clique na imagem e saiba mais

“Após o clique, ele tirou a camiseta e entrou na água junto com os nossos amigos. Eles começaram a brincar de nadar rápido e chegar em outra margem. Quase todos desistiram e sobrou apenas ele e meu cunhado Gabriel”, lembra Larissa.

Segundo a jovem, os dois começaram a pedir socorro e todos correram para ajudar. O cunhado dela conseguiu se apoiar em um tronco de árvore, mas João Guilherme já tinha sumido na água. Larissa afirma que foi a primeira vez que o casal foi ao local e ele sabia nadar.

“Enquanto os bombeiros não chegavam, nós procuramos por toda parte, mas sem sucesso. Quase uma 1h30 da chegada dos bombeiros, os mergulhadores encontraram o corpo dele. Estamos todos anestesiados, desacreditados, mas com firme esperança de que ele será nossa força e cuidará de nós”, relatou Larissa.

Casal de Votorantim adotou um cachorro um mês antes de João Guilherme ser encontrado morto — Foto: Arquivo Pessoal/ Larissa Campos

Planos

O casal completaria dois anos de união no dia 8 de setembro. No domingo, à noite, João Guilherme contou que não queria esperar muito tempo para se casarem, porque tinha o desejo de formar uma família, relata a jovem.

“Já estava com data marcada, mas na noite de domingo ele queria adiantar e casar daqui oito meses, antes do previsto. Ele estava planejando o pedido de noivado oficial, que como ele dizia: ‘seria épico’. Inclusive, ele tinha criado uma pasta com várias ideais que usaria no grande dia”, conta Larissa.

O casamento começou a ser planejado em maio deste ano. O casal estava com viagem marcada para Colômbia em 2021 e planejou um mochilão para a lua de mel.

“Tudo que penso, sonho e planejo é ele. Agora, só me restaram lembranças de tudo o que vivemos e sonhamos em viver juntos. Sempre fomos muito intensos e com muito amor. Éramos um casal intenso e apaixonados um pelo outro e pela vida.”

A imagem registrada cinco minutos antes dele morrer não foi postada no dia. “Ele tinha amado essa foto e eu não deixei ele postar porque estava com copo na mão. Ele falou: ‘vida,vamos tirar um foto porque a segunda está top (risos). Depois que tiramos, ele pediu pra eu esperar ele e falou que me amava”, finaliza Larissa. (Com informações de Pâmela Ramos/G1 Sorocaba e Jundiaí)