Equipes do GOE prendem procurado da Justiça e identificam autores de latrocínio cometido em SP

O homem foi preso após campana realizada em endereço indicado pelos trabalhos de investigação.

Um procurado da Justiça foi preso e dois envolvidos em latrocínio ocorrido em Osasco, município da Região Metropolitana São Paulo, no dia 7 de março, foram identificados no dia 16 de março por equipes do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil de São Paulo. O homem foi preso após campana realizada em endereço indicado pelos trabalhos de investigação.

O suspeito foi abordado ao sair do imóvel monitorado pelos policiais. Contra ele foram localizados dois mandados de prisão em aberto, ambos por roubo. O homem negou participação no latrocínio e indicou outro indivíduo, com quem dividia residência e que estaria envolvido com o crime ocorrido em março.

Em vistoria no local, consentida pelo suspeito, foi encontrada uma jaqueta que teria sido utilizada por um dos envolvidos no latrocínio. O segundo suspeito não foi localizado; entretanto, os policiais identificaram o condutor de uma motocicleta e a arma de fogo utilizada.

Os suspeitos foram formalmente qualificados e cadastrados em ocorrência lavrada pelo 8º DP de Osasco como captura de procurado, apreensão de objetos e de motocicleta. Também foi inserida a qualificação dos demais investigados, assim como as oitivas das testemunhas que identificaram objetos utilizados pelos criminosos e reconheceram os indivíduos como autores do latrocínio, que vitimou um motorista de aplicativo.

O crime de latrocínio é investigado pelo 6º DP de Osasco.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP