A Polícia Rodoviária informou na manhã desta quarta-feira (13) que o km 199 da Rodovia Geraldo de Barros (SP-304), em São Pedro (SP), foi totalmente bloqueado durante a madrugada. O desmoronamento que ocorreu na terça aumentou, informou a corporação.

Segundo a polícia, agora a erosão avançou sobre parte da faixa de rolamento. Até a tarde de terça, o buraco atingia o acostamento da via, o que permitia o trânsito em sistema siga e pare.

Com isso, os motoristas precisam desviar por dentro de São Pedro. Na rota, os veículos acessam a Avenida dos Imigrantes, seguem até a Rua Ariston de Azevedo, em seguida utilizam as ruas Antonio Teixeira Sobrinho, Duque de Caixas e Veríssimo Prado até a Avenida Paschoal Antonelli. Por fim, acessam novamente a Rodovia SP-304.

Guardas municipais posicionaram uma viatura dentro de São Pedro para informar sobre o desvio por Santa Maria da Serra. Segundo a apuração no local, essa rota tem cerca de 2,5 quilômetros.

O trecho da SP-304 que desmoronou fica sobreposto à Rodovia SP-191. Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), isso significa que as duas rodovias se unem neste ponto e voltam a se separar mais a frente.

Até o fim da tarde de terça, a previsão do DER era de que a interdição parcial se mantivesse durante cerca de 30 dias, tempo necessário para realizar as obras no local.

Erosão

O desabamento foi relatado à Polícia Rodoviária por um motorista que passava pelo local por volta das 5h. De acordo com o DER, a cratera de cerca de 10 metros de largura foi causada pela sobrecarga do sistema de drenagem após obstrução da tubulação de esgoto existente no trecho.

O Serviço Autônomo de Águas e Esgoto de São Pedro (Saesp) possui uma obra próxima ao local do desmoronamento e informou que irá apurar se houve interferência do serviço na erosão.

As equipes sinalizaram o local e realizaram orientações aos motoristas sobre a faixa interditada para obras. A vistoria técnica realizada por engenheiros durante a tarde constatou a necessidade de interdição para as obras de recuperação, que começam nesta quarta-feira (13) e devem durar 30 dias.

Obras

Além dos trabalhos para recomposição da pista no local da erosão, de acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem também serão feitos serviços de aterro, drenagem e sinalização da via com o apoio da Prefeitura de São Pedro.