Estado de SP lança primeiros editais do ProAC Expresso 2020

Inscrições para programa de fomento podem ser feitas pela internet; ao todo serão investidos R$ 58,28 milhões.

Os 14 primeiros editais do ProAC Expresso 2020 já estão disponíveis. O programa de fomento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa é voltado a projetos culturais de pessoas físicas ou jurídicas. Interessados podem acessar os regulamentos pelo site. Os documentos também foram publicados no Diário Oficial do Estado.

Na quinta-feira (16) foram disponibilizados editais referentes a Teatro, Dança, Conteúdo Infanto-Juvenil, Circo e Ações Culturais em Favelas e Comunidades. Na sexta-feira (17), foram os editais para projetos de Artes Visuais, Espaços Culturais, Cultura Popular, Tradicional e Plural, Literatura e Eventos.

Os projetos deverão ser inscritos na plataforma Prosas (www.prosas.com.br), utilizada pela primeira vez pela Secretaria, com um sistema de inscrição intuitivo facilitando o envio do projeto pelo proponente e simplificando os trâmites e a análise que será realizada pela Comissão de Seleção. Ao menos 50% dos projetos que serão contemplados pelo ProAC Expresso 2020 serão do interior e litoral e 20%, de artistas iniciantes.

clique na imagem e saiba mais

Mais recursos para independentes

No total, serão lançadas 35 linhas de incentivo via ProAC Expresso, sendo três delas inéditas: projetos culturais em favelas e periferias; corpos artísticos estáveis em favelas e periferias (companhias de dança e orquestras, por exemplo); e projetos culturais de empresas e profissionais do Vale do Ribeira (ainda sem data de publicação).

Esses editais foram desenvolvidos em alinhamento com dois programas estratégicos do Governo do Estado de São Paulo, de forma intersecretarial: Projeto Comunidade e Programa Vale do Futuro. Algumas linhas incluem apresentações na plataforma de streaming #CulturaEmCasa, criada este ano pela Secretaria para ampliar as opções de cultura e entretenimento onlines e gratuitas. Em dois meses, a plataforma alcançou a marca de 850 mil visualizações dos 500 conteúdos disponibilizados, de diversas linguagens artísticas.

Investimento

Dos R$ 58,28 milhões previstos, R$ 47,9 milhões são para projetos que serão selecionados este ano; R$ 8,70 milhões para as segundas parcelas dos projetos selecionados em 2019; e R$ 1,68 milhão para o pagamento dos 175 profissionais que formarão as comissões de seleção e os demais custos administrativos. A Secretaria estima que os cerca de 1,1 mil projetos apoiados vão gerar 21,7 mil postos de trabalho e um impacto econômico de R$ 92 milhões.