Estudo mostra que alga marinha pode fazer bem para o intestino

Anúncio

A goma carragena é encontrada em algas marinhas e auxilia no crescimento de bactérias benéficas que ajudam o intestino a funcionar melhor.

Por Jalila Arabi – Repórter da Agência do Rádio

Algas marinhas podem ajudar o intestino a funcionar melhor. Um estudo feito pela Embrapa, em conjunto com a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro e a Universidade Estadual de Campinas, mostra que as moléculas presentes na carragena, uma goma que tem como fonte principal as algas marinhas, pode estimular o crescimento de bactérias benéficas dentro do intestino. 

Os pesquisadores estão estudando uma forma de tornar a substância mais eficaz, com um processo chamado extrusão termoplástica, semelhante ao que já é feito em rações ou para preservar o grão inteiro na produção de alimentos integrais. A extrusão provocaria alterações na carragena, tornando-a mais solúvel e viscosa, e melhor para o consumo. 

O estudo ainda está em fase de testes. Vale lembrar que alguns tipos de algas também são ricas em proteínas, vitaminas, minerais, antioxidantes e as fibras, importantes para o intestino.