Etec fica em 2º lugar no Desafio RobotChallenge

Unidade da zona norte da capital recebeu 49% dos votos na final; 1º lugar foi equipe do Instituto Federal de São Paulo, de Salto (SP).

A equipe Fire Fox, da Etec Prof. Horácio Augusto da Silveira, localizada na zona norte da capital, ficou em segundo lugar na disputa com outras 15 finalistas no Desafio RobotChallenge. Com 3.710 votos, a coreografia criada pelos alunos para o robô YuMi conquistou 49% da preferência do público, que participou da votação por meio das redes sociais. Para ver o resultado, clique aqui.

O primeiro lugar foi para a Chicago Botz, do Instituto Federal de São Paulo (IFSP), de Salto. Por terem conquistado o segundo lugar, os estudantes do curso técnico de Mecatrônica Erik da Silva, Kennedy dos Santos, Lais Lopes e Leandro Aprigio serão convidados a participar de uma aula prática via web e fazer experiências no YuMi original. O robô foi desenvolvido pela ABB, multinacional com sede na Suíça, que realizou a competição em parceria com a Exsto Tecnologia.

clique na imagem e saiba mais

Outras três equipes da Etec Prof. Horácio Augusto da Silveira participaram da semifinal: Belhores, Vision e MEXATRONICOS. Os professores que orientaram os alunos na competição foram Alexandre da Silva, José Augusto Trovato, Ailton Fernandes e Oswaldo Veglione. “O desafio foi uma oportunidade para os estudantes terem contato com a robótica fora do ambiente acadêmico e isso é fundamental para complementar o aprendizado técnico”, explica o professor Veglione.

O Centro Paula Souza esteve representado no desafio também por projetos de outras unidades: Etec Prof. Basilides de Godoy, da zona Oeste, e da Fatec de São Bernardo do Campo.

Robô YuMi tem uma agenda pop

Desenvolvido pela empresa de engenharia e automação ABB Tecnologia, o YuMi foi criado em 2015 para atender demandas da indústria 4.0 e colaborar com o aumento da produtividade e segurança na linha de produção. Pelo ineditismo e inovação, o robô ganhou empatia e participou de eventos com líderes mundiais onde interagiu, por exemplo, com a chanceler alemã Angela Merkel e com o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama.

Além de dançar, o YuMi foi programado também para ser regente e apresentou-se com Andrea Bocelli, em Pisa, na Itália.