Existe diferença entre MDP e MDF?

Entenda as particularidades dos materiais para fazer a melhor escolha para seu móvel.

Durante o planejamento de uma reforma ou até mesmo de uma simples redecoração, é preciso fazer algumas escolhas importantes. Uma delas está relacionada à matéria-prima dos móveis de escritório, por exemplo.

Dois dos principais tipos de materiais utilizados na fabricação desse modelo de mobília são o MDF e o MDP, facilmente encontrados também em guarda-roupas, cômodas, mesas, prateleiras, entre outros.

No entanto, há dúvidas muito comuns sobre eles, como: “qual é a diferença?” ou “qual possui a melhor relação custo-benefício?”. Neste artigo, respondemos a estas e a muitas outras perguntas para que você possa fazer a melhor escolha para a sua casa. Leia e confira!

O que é MDP e MDF?

O processo de produção dos dois materiais é bastante parecido: tanto o MDP quanto o MDF são ecologicamente corretos, pois a matéria-prima utilizada em ambos é madeira reflorestada. Entretanto, cada um possui suas particularidades.

MDP (Partículas de Média Densidade)

O MDP é a madeira transformada em partículas, trançadas e misturadas com resinas específicas para este fim. Ele é ideal para a fabricação de móveis mais retos, que não precisam de resistência mecânica e não passam por processos de usinagem, como armários, estantes e balcões.

MDF (Fibras de Média Densidade)

Já o MDF é o resultado da junção de fibras de madeira comprimida (prensada) e resina sintética. Por ser mais maleável, possibilita cortes em vários ângulos e, normalmente, é usado nas partes mais visíveis dos móveis.

Isso porque permite trabalhos de colagem de lâminas, vernizes e pinturas bastante precisas onde os acabamentos serão aplicados. Além disso, também pode ser utilizado para a produção de peças curvas.

Principais diferenças entre MDP e MDF

Na prática, o acabamento do MDF é mais contemporâneo por possibilitar mais versatilidade no design dos móveis. Ou seja, basicamente é utilizado na fabricação de móveis diferenciados.

Já o MDP está mais presente em móveis retos — como prateleiras e portas — e é bastante utilizado na estrutura dos móveis (partes do interior que não são visíveis) por ser mais resistente.

Portanto, se você prefere algo mais básico e tradicional, o MDP deve ser a sua escolha. Por outro lado, caso seu estilo seja mais moderno, o MDF é a melhor opção.

Comparativo entre MDP e MDF

MDP X MDF: afinal, qual é o melhor material?

Agora que você já sabe as principais diferenças entre os dois materiais, deve estar se perguntando qual é o melhor. A resposta para essa pergunta é: depende.

Como você pode perceber, ambos têm pontos positivos e negativos e é preciso colocá-los na balança de acordo com as suas expectativas, preferências pessoais, ambiente, tipo de móvel e função.

Por exemplo, se o móvel for uma estante suspensa e você queira armazenar objetos pesados, o MDP pode ser a melhor opção, devido à resistência. Entretanto, caso queira apenas colocar decorações leves e deseje que o móvel seja mais moderno, opte pelo MDF.

Com base nessas informações, certamente você fará a melhor escolha de material para seu móvel.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT