Falso médico é descoberto após amputar perna de vítima de acidente em SP

Farsante fez procedimento em vítima que ficou presa nas ferragens após acidente. Colegas desconfiaram e chamaram a polícia.

A decisão de amputar a perna de uma vítima ferida em colisão grave e a consequente falta de técnica no procedimento drástico foram as deixas para que colegas de um homem que atuava como médico socorrista chamassem a polícia.  

O caso foi registrado em Lavrinhas, interior de São Paulo, após um acidente. O motorista ficou preso às ferragens e Gerson Lavísio, integrante de uma equipe terceirizada da concessionária que administra um trecho da rodovia Presidente Dutra, tomou a decisão de fazer o procedimento invasivo naquele local, na pista. 

Os colegas estranharam a ausência de habilidade e acionaram a polícia. Na abordagem, os agentes da Polícia Rodoviária Federal consultaram o cadastro do “médico” no Conselho Regional de Medicina e constaram a farsa: o registro estava cadastrado com o nome de outro profissional. 

Diante da farsa, Lavísio foi preso e confessou não ter formação médica. Ele será investigado por falsidade ideológica e exercício ilegal da profissão. O farsante, no fim de 2021, tentou se passar por médico em uma unidade de saúde em Parelheiros, zona sul da capital paulista. 

A empresa concessionária que contratou o golpista também será investigada. O motorista que teve a perna amputada foi levado para a Santa Casa de Lorena.

Com informações do Primeiro Impacto.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP