Família ‘adota’ tucano após resgate de cativeiro e cria perfil para o animal nas redes sociais

Camilo da Silva Gato resgatou a ave, que era vítima de maus-tratos, e oferece o quintal da própria casa para ela voltar quando quiser. ‘A mensagem que quero passar é de liberdade’.

Uma família decidiu “adotar” um tucano-fêmea depois de resgatá-lo de onde ficava preso em um cativeiro de Artur Nogueira (SP) e criou até um perfil nas redes sociais para o animal. Segundo o assistente de logística Camilo da Silva Gato, o encontro aconteceu quando um amigo avisou que a ave estava presa a um arame farpado e sendo vítimas de maus-tratos. A partir daí, começou a história de amizade entre os dois.

O assistente de logística conta que chegou a soltar o tucano na natureza uma vez, mas ele foi capturado novamente e teve a asa cortada. Após um novo resgate, Camilo foi questionado se não aceitaria ficar com o animal e decidiu levar a ave para dentro do próprio quintal. No entanto, apenas com carinho e afeto, sem a sensação de aprisionamento dos lares anteriores.

A gente sai de manhã para trabalhar e volta a tarde, e ela também faz isso. Vai se alimentar, se divertir, conhecer gente nova e volta às 17h. A gente alimenta ela, dá carinho, mas sabe que quando ela estiver pronta, atingir a maturidade, ela vai aprender a sobreviver na natureza e seguir o caminho dela. A mensagem que a gente quer passar é de liberdade, dela ir e voltar para onde quiser, assim como acontece com a gente”, explicou Camilo.

O carinho da família é tão grande por “Tuca”, nome que ela ganhou na nova casa, que deram a ela até um perfil nas redes sociais para divulgar o dia a dia. “Quanto mais gente souber dela, saber que ela está andando por aí, que ela vai atrás de amigo e de comida, ela fica mais segura”, disse o assistente de logística, que de tão apaixonados por tucanos tem até uma tatuagem do animal no braço.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT