Família faz reconhecimento do corpo de homem assassinado a tiros em Araras, SP

O corpo foi levado para o IML – Instituto Médico Legal de Limeira (SP), para necrópsia. 

Na manhã desta segunda-feira (4), familiares de Matheus Henrique de Carvalho Chagas, estiveram no IML – Instituto Médico Legal em Limeira (SP), onde fizeram o reconhecimento do corpo do jovem, morto a tiros na cidade de Araras (SP). Ele era natural de Leme (SP). Pelas redes sociais familiares e amigos lamentaram o fato.

Sobre o crime

Na noite deste domingo (3) os policiais militares cabo Isaias e soldado Crotti, estavam em patrulhamento pelo município de Araras (SP), quando foram solicitados pelo COPOM para atendimento de ocorrência de disparo de arma de fogo, pelo Jardim Morumbi – região do Bosque Ararinha, onde o solicitante afirmou que dois indivíduos em uma moto vermelha 150 cilindradas haviam efetuado diversos disparos contra um homem, que estava caído ao solo.

“Nos deslocamos ao local juntamente com o CGP II (sargento Isaias, cabo Cunha e soldado Batista), e constatamos que um homem estava caído ao solo no local informado, com ferimentos de arma de fogo na cabeça, braço direito e perna direita. Tambpem esteve no local a viatura de resgate do Corpo de Bombeiros, com encarregado cabo Rosolém, que socorreu a vítima ainda com vida. O plantão da Polícia Judiciária foi acionado, comparecendo no local o investigador Bruno, perita Mariana e fotógrafo Marcos, que realizaram a perícia no local que, de acordo com levantanento feito não possui sistema de vídeo monitoramento, que ajudaria muito nas investigações e também não encontramos durante o registro da ocorrência testemunhas dos fatos”, disse Isaias.

clique na imagem e saiba mais

Chegou sem vida no hospital

De acordo com o policial, a vítima deu entrada sem vida no pronto socorro do Hospital São Luiz. “Feito contato no hospital São Luiz fomos informados pelo Dr. Pedro Ivo Pastorelo (médico de plantão), que a vítima já deu entrada em óbito no pronto socorro. Neste intervalo de tempo, fomos informados pelo investigador Bruno que havia conseguido a identificação da vítima, o qual se chama Matheus Henrique de Carvalho Chagas”, finalizou.

A ocorrência foi apresentada no plantão da Central de Polícia Judiciária, e o corpo foi levado pela Funerária Consoni ao IML – Instituto Médico Legal de Limeira (SP), para necrópsia e reconhecimento da família. A ação contou também com apoio da viatura I-36001, composta pelo tenente Murawama e cabo Cantelli.

Investigação

A motivação do assassinato está sendo investigada pelo Setor de Inteligência, sob o comando do Dr. Tabajara Zuliani dos Santos, e quem tiver qualquer informação pode fazer a denúncia de forma anônima através do telefone: (19) 3541-8111.